Existem três fundamentos da sabedoria: discrição ao aprender, memória ao reter e eloquência ao contar.

Antiga tríade irlandesa

22 Setembro 2014

Vencedor do Passatempo: Aqui e Agora, de Ann Brashares


Viva! Hoje temos mais um vencedor, desta vez para Aqui e Agora, de Ann Brashares. Este passatempo contou com 642 participações e o vencedor escolhido através do random.org foi:

carla patricia cabrita martins de sousa, 263

Parabéns Carla! Tens um mail na tua caixa de correio para responderes com os teus dados para que os livros possam ser entregues. Obrigada a todos mais uma vez e em breve mais passatempos!

Ai que ele vem aí...! [Diário de Bordo XXIX]



Estão a ver aquela cara de parva na fotografia? É tudo consequência deste processo um pouco moroso e doloroso de submeter propostas científicas, andar à volta com mil temas diferentes, decidir voltar a jogar basquet (mas em low profile), e ainda manter o blogue minimamente activo. São tantas coisas que nem com o meu ar mais geek consigo com que o processo acelere. 

Hoje não me queria alongar muito, mas vou destacar alguns trabalhos publicados ao longo desta semana, em especial no dia de ontem. Há já algum tempo que andava a ler o livro Moçambique - para a minha mãe lembrar como foi e terminei-o no Sábado. Sendo um livro autobiográfico, ao início estava com as minhas reservas, mas o que é certo é que a história de Manuela Gonzaga é notável e, como tal, convido-vos a lerem a opinião que a própria autora partilhou no seu Facebook pessoal e no do livro, aqui: http://www.branmorrighan.com/2014/09/opiniao-mocambique-para-minha-mae.html 
Deixo também o link para a página do livro no Facebook: http://goo.gl/JGBb3a

Outro livro que li na noite de Sábado, por ser pequenino e pelo formato de leitura rápida, foi Baloiço Vazio de Carla Lima. Uma obra diferente, de pequenos capítulos constituídos essencialmente por diálogos febris na busca de um sentido, de um preenchimento que não chega. É daquelas leituras que levanta mais questões do que aquelas a que dá resposta. Podem ler essa opinião aqui: http://www.branmorrighan.com/2014/09/opiniao-baloico-vazio-de-carla-lima.html 
A página de Facebook do livro é esta: http://goo.gl/mxfHJE

Outra leitura, esta terminada na Sexta-feira, foi a de Montedor, o primeiro romance publicado pelo nosso autor José Rentes de Carvalho ainda em 1968. Fiquei muito surpreendida pela lucidez da escrita, ainda tão cedo na sua carreira, e a forma como expôs, claramente, a necessidade e o desejo de se sair do país e não se conseguir. A opinião está algures neste link: http://www.branmorrighan.com/2014/09/opiniao-montedor-de-jose-rentes-de.html
Página da Quetzal: http://goo.gl/NGke99

Antes do Montedor, e desde o último Diário, acabei também a leitura de Não Digas Nada, um thriller que aconselho vivamente. O teor psicológico é fascinante, ao mesmo tempo repulsivo quando se descobre a verdade, mas a forma como a narrativa está conduzida seduz e lê-se muito bem e rapidamente. A opinião aqui: http://www.branmorrighan.com/2014/09/opiniao-nao-digas-nada-de-mary-kubica.html
Página da TOPSELLER: http://goo.gl/A4thFE

Também o programa do Festival Literário Escritaria já se encontra disponível: http://www.branmorrighan.com/2014/09/festival-literario-escritaria-programa.html
O balanço que a organização do Fusing fez sobre esta edição de 2014, também: http://www.branmorrighan.com/2014/09/entrevista-o-que-organizacao-do-fusing.html

E, por hoje, é essencialmente isto. Vou ter a minha primeira aula de doutoramento, yey!, vou continuar a trabalhar numa proposta científica, quero ver se consigo transcrever e publicar ainda hoje a entrevista do João Lobo e, entretanto, quero continua a leitura que iniciei ontem à noite - A Primeira Regra dos Feiticeiros – Parte I, da série A Espada da Verdade. O mais curioso é que só após ter lido 100 páginas (que foi onde fiquei na leitura), é que dei conta que este é o livro que deu origem à série de televisão Legend of the Seeker. Algumas vez viram? Eu vi os primeiros episódios e de repente começaram as imagens a assaltarem-me a mente a todo o instante! Acho que depois de ler o livro vou ter de ver a série. Tenho mais coisas para vos contar, mas deixo para o próximo Diário! 

Beijos e tenham uma óptima semana!

[Música] “Cornerstone”, dos Brass Wires Orchestra



“Cornerstone”, irá ser apresentado ao vivo dia 11 de Outubro no Texas Bar, em Leiria.

Com apenas dois anos de existência, o grupo português de orquestra folk Brass Wires Orchestra já marcaram presença em vários palcos internacionais, como o Hard Rock Calling em 2012, Hyde Park (Londres), e nalguns dos principais festivais nacionais como o Optimus Alive.


Os Brass Wires Orchestra deram início ao revivalismo do folk de autoria nacional no final de Setembro de 2011. No seguimento de uma série de concertos sem o objetivo de elevar a banda para um patamar profissional, sentiram a necessidade de construir um conjunto de temas próprios que mais tarde acabariam por se tornar em hinos incontornáveis nos concertos BWO, como é o caso de "Tears of Liberty" ou "Wash My Soul".


Gravado nos Black Sheep Studios por Makoto Yagyu (PAUS) e Fábio Jevelim (PAUS) e masterizado nos Abbey Road Studios (Londres) por Frank Arkwright (responsável pela masterização também do álbum Neon Bible, dos Arcade Fire), o álbum “Cornerstone” é composto por 10 temas originais.


ShareThis

Seguidores

FACEBOOK

Goodreads

2013 Reading Challenge

2013 Reading Challenge
Sofia has read 1 book toward her goal of 100 books.
hide

parceiros

Nº de Visitas