Carla Ribeiro - Escritora Portuguesa

Na minha "onda" de vos ir dando a conhecer autores portugueses, hoje deixo-vos mais uma escritora que, embora não tenha lido nada ...

Na minha "onda" de vos ir dando a conhecer autores portugueses, hoje deixo-vos mais uma escritora que, embora não tenha lido nada dela, só tinho lido coisas boas sobre ela e espero vir a ler um livro dela brevemente.

Sobre a Carla dito por ela própria:
Natural de S. Martinho de Mouros, vim ao mundo a 20 de Julho de 1986. Desde sempre tive uma compulsão desenfreada pelos livros, mas comecei a levar a sério as palavras que me nasciam no pensamento quando tinha cerca de 14 anos. Foi a partir daí que comecei a pensar em abrir ao mundo as portas do meu pensamento e a participar em concursos literários. Tenho pelas palavras a paixão compulsiva de quem caminha pelo mundo guiada pela voz da escrita.

Tenho as minhas pequenas manias. Quem me vê passar por aí, encontrar-me-á provavelmente com um caderno nas mãos e certamente que a minha caneta habitual (preta, evidentemente) não andará longe. As ideias surgem quando menos as espero e, como tal, tento não as deixar fugir.

No aspecto prático da minha vida... Bem, sou estudante de Medicina Veterinária e, depois de cinco anos na UTAD, estou de momento a estagiar numa clínica veterinária em Eibar. O que o futuro me trará depois... não sei. Veremos.

Presumo que todos os que escrevem tenham leituras que mais os influenciaram. As minhas são as obras de escritores como Edgar Allan Poe, Fernando Pessoa, Florbela Espanca e Antero de Quental, bem como de muitos dos grandes nomes da fantasia actual: Anne Bishop, George R. R. Martin, Jonathan Stroud e Marion Zimmer Bradley.

E é esta pequena descrição um pouco daquilo que sou e do que vivo. Se quiserem saber mais, digam-me. Perguntem-me. Eu vou estar por aqui para responde.

Podem visitar o seu site oficial onde puderão saber mais informações sobre ela.

Hoje venho fundamentalmente divulgar duas obras suas que estarão nas livrarias muito brevemente:

Senhores da Noite, em que podem ver o booktrailler neste post.
Deixo-vos aqui um excerto do livro:

Oculto atrás da fria coluna de pedra, Moranius podia sentir a respiração irregular do seu prisioneiro, alterada pelo medo e pela dor. Sentia o pânico do homem com uma intensidade tal que, parecia, na verdade, habitar o seu próprio interior. E, com uma brusquidão avassaladora, sentiu a explosão de medo que se deu dentro do prisioneiro, enquanto observava, estupefacto, a etérea figura branca que se aproximava, confundindo-se com a infinita brancura da neve em seu redor.
Havia uma beleza sobrenatural naquela mulher, cujos longos e absolutamente brancos cabelos esvoaçavam no vento, misturando-se com a imaculada brancura das suas vestes. Poderia, ao princípio, ter confundido a bela estranha que se aproximava com a sua inimiga, Arcania Aventra, não fosse o brilho conspirador que irradiava do hipnotizante verde dos seus olhos, quando dirigiu um olhar distante para a paisagem que ficava para além da coluna. Não o conseguira enganar, mas a verdade é que nem sequer o tentara, e era evidente que o mesmo não se passara com o prisioneiro, exausto e em constante sofrimento.
A passos lentos, Deletress aproximou-se da sua vítima, com movimentos de uma graciosidade felina, enquanto uma intensa fúria brilhava no seu olhar. Depois, batendo-lhe violentamente no rosto, disse:
- Delan Erysius. É impossível que sejas assim tão estúpido... Como é possível que te tenhas deixado capturar numa missão tão fácil? Devia deixar-te à mercê da inútil da minha irmã. Enquanto ela se divertia contigo, podia enviar informadores mais úteis, sem que ela se apercebesse disso.
- Por favor, senhora... – suplicou o prisioneiro, transido de medo – Por favor, não...
- Não? – replicou Deletress, reflectindo na voz uma cólera silenciosa, mas capaz de explodir a qualquer momento – É o que mereces!

Deixo-vos aqui também o blog do livro.

Pela Sombra Morrerão é o outro livro que está a ser lançado da escritora. Aqui fica a sinopse:

Derek Sherbourne é o último vampiro. É também uma sombra atormentada pelo passado e pela forma cruel como passou de humano influente a criatura das trevas.

Agora, a sua mente conserva uma única determinação: procurar vingança nos descendentes do ser que o transformou. E será, pois, desta forma que Elisa Northwood e a sua filha Christabel serão alvo da tenebrosa vontade do vampiro, caminhando na senda da vingança do imortal, à medida que ele próprio revive o seu passado.

Uma obra que recupera o vampiro como personagem histórico brutal e violento, quase despojado de quaisquer sentimentos e noções de humanidade.

Carla Ribeiro é uma jovem autora portuguesa que conta já com nove obras publicadas nas áreas da poesia e do fantástico além da colaboração em diversas antologias e na revista Dagon, uma das duas revistas portuguesas dedicadas ao género fantástico.

Por fim, o blog da autora.


Espero vir a ler as tuas obras brevemente, Carla =)

Votos de muito sucesso.

5 comentários