Opinião: "Memórias de um Vampiro" de Rafael Loureiro

Memórias de um Vampiro (Tomo 1 Trilogia Nocturnos) Rafael Loureiro Editora : Presença Colecção : Via Láctea (#77) Sinopse...


Memórias de um Vampiro (Tomo 1 Trilogia Nocturnos)
Rafael Loureiro

Editora: Presença
Colecção: Via Láctea (#77)

Sinopse: Memórias de Um Vampiro é o primeiro volume de uma trilogia onde romance e aventura se combinam para nos abrirem as portas a um universo repleto de emoções intensas, valores supremos e conflitos arrebatados. Daimon DelMoona, nascido no século XVII, viu o seu mundo desmoronar-se quando a mulher que ia desposar morre. Do seu sofrimento é resgatado por uma vampira, que lhe concede o Novo Nascimento. E assim começa uma odisseia que atravessa os séculos para culminar numa batalha contra o tirano Alexander, um vampiro sedento de poder. Para travá-la, novas alianças terão de ser forjadas, e um amor com ressonâncias do passado terá de ultrapassar duros obstáculos. Mas conseguirá Daimon vencer esta cruzada e concretizar o seu amor sem fim?

Opinião: Memórias de Um Vampiro é o primeiro volume de uma trilogia protagonizada por Daimon DelMoona no mundo Nocturnos e é também o primeiro romance vampírico que leio de um autor português. Fiquei surpreendida pela positiva.

Começamos por conhecer a origem dos vampiros que, ao contrário do que seria de esperar, não foram criados por um demónio, mas sim por um anjo, Tiriel, que tinha ciúmes da humanidade e por isso foi enviado para a terra condenado à sua imortalidade até que aprendesse a amar. Umas das consequências foi que Tiriel deixou de poder olhar para a luz do Sol, passando a dormir durante o dia, estando acordado só à noite. E foi através de uma troca de sangue com um humano que a raça vampírica nasceu.
Em Nocturnos existem cinco descendências (linhagens de vampiros) diferentes, cada um com as suas características, havendo sempre um Filho Regente por cada descendência.

Após a apresentação do mundo Nocturnos, entramos então nas memórias de Daimon DelMoona, a nossa personagem principal. Daimon tornou-se vampiro após um grande desgosto na sua vida humana, e a sua criadora sempre lhe disse que ele devia estar destinado a algo superior, até que o próprio tempo lhe mostrará isso mesmo. Nocturnos está cada vez mais instável, obscuro e sufocante para todos os vampiros e uma certa rebelião começa a ser formada. Qual será o futuro de Nocturnos?

Foi bastante do meu agrado a forma como a obra está organizada, em capítulo curtos e com muita acção. Tem personagens que prendem a nossa atenção e o facto de ter muito pouco tempo "morto" ajuda a que o leitor continue a querer ler cada vez mais. É um livro pequeno, cerca de 200 páginas, que se lê muito bem. A escrita do autor é simples, corrida e consegue transmitir bastante bem os sentimentos das personagens. Apesar de ser mais um livro de vampiros, Memórias de um Vampiro revela ser bastante diferente do comum, tendo um ambiente mais gótico e sombrio que me deliciou bastante.

Rafael Loureiro estreou-se assim com o pé direito e agora só me resta desfrutar do resto da trilogia que já saiu. Gostei.

1 comentários