Jovem escritor português na Feira do Livro de Frankfurt

Samuel Pimenta tem 23 anos. Escreve desde os 10. Nasceu em Alcanhões, vila do concelho de Santarém, e mudou-se para Lisboa aos 18 anos...




Samuel Pimenta tem 23 anos. Escreve desde os 10. Nasceu em Alcanhões, vila do concelho de Santarém, e mudou-se para Lisboa aos 18 anos, para estudar. Por Lisboa ficou. Em 2012, foi um dos escritores distinguidos com o Prémio Jovens Criadores 2012, com o poema “O relógio”. No dia 12 de Outubro de 2013, lança o livro “Geo Metria” na Feira do Livro de Frankfurt (Alemanha), editado no Brasil pela “Literarte – Associação Internacional de Escritores e Artistas”. Prefaciado pela escritora angolana Ana Paula Tavares e com capa do artista plástico João Saramago, é o primeiro livro de poesia do escritor.

“A Feira do Livro de Frankfurt é um acontecimento literário e cultural de topo, reconhecido em todo o mundo. Ter 23 anos e poder lançar o meu primeiro livro de poesia num local como este é uma oportunidade que me deixa radiante, pelo simbolismo que tem para mim, mas também pelo que daí poderá surgir.”, explica Samuel Pimenta.

“Geo Metria” canta a geometria sagrada e o simbolismo de cada acto da vida. O autor diz ter sido influenciado por poetas como Fiama Hasse Pais Brandão e Luísa Demétrio Raposo, e artistas como João Saramago e Ólafur Arnalds. Após ter contactado algumas editoras portuguesas, sem obter resposta, recebeu a proposta de edição da Literarte.

“Decidi editar “Geo Metria” no Brasil. Os leitores brasileiros que me acompanham têm, habitualmente, uma opinião positiva da minha escrita. Entretanto, depois de ter anunciado que iria a Frankfurt, fui contactado por algumas editoras portuguesas. Vou avançar com a edição de “O relógio”, premiado no Jovens Criadores 2012, pela Livros de Ontem. E há a perspectiva de avançar, também, com a edição de “Geo Metria”.

Samuel Pimenta tem-se empenhado na promoção da literatura e cultura lusófona, através das tertúlias que organiza. Recentemente, foi homenageado pelo seu trabalho no VI Encontro de Escritores Moçambicanos na Diáspora, na Fundação José Saramago, em Lisboa, com a nomeação de Sócio Honorário do Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora. A ida a Frankfurt será, também, uma oportunidade para levar mais longe a Lusofonia.

Sobre Samuel Pimenta:
Samuel Pimenta nasceu a 26 de Fevereiro de 1990, em Alcanhões, Santarém. Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa, começou a escrever com 10 anos. Em 2010, foi um dos contemplados com o VI Prémio Literário Valdeck Almeida de Jesus na vertente de Poesia, no Brasil. Em 2011, foi cronista na revista online "Clique". Foi vencedor do Prémio Jovens Criadores 2012, na vertente de Literatura, promovido pelo Governo de Portugal e pelo Clube Português de Artes e Ideias, com o poema “O relógio”. Em 2013, foi homenageado no VI Encontro de Escritores Moçambicanos na Diáspora, na Fundação José Saramago (Lisboa), pelo trabalho que tem vindo a desenvolver em prol da Literatura e da Cultura Lusófona, tendo sido nomeado Sócio Honorário do Círculo de Escritores Moçambicanos na Diáspora. Tem participado em diversas conferências e encontros literários e tem colaborado com publicações em Portugal, Brasil, Angola e Moçambique. Actualmente, é cronista do site de informação "Rede Regional", escreve regularmente para o seu blog pessoal (samuelpimentablog.blogspot.com) e dinamiza tertúlias literárias, além de ser Conselheiro em Portugal da "Literarte - Associação Internacional de Escritores e Artistas", com sede no Brasil.

Samuel Pimenta no blog BranMorrighan: http://www.branmorrighan.com/search/label/Samuel%20Pimenta

__


Numa nota pessoal, tenho a dizer que o Samuel Pimenta é uma grande pessoa, um grande escritor e de uma alma infinita. Admiro-o imenso e só espero que a vida lhe continue a sorrir pois ele merece. É daqueles que vai à luta! Um orgulho nacional.

1 comentários