Entrevista às Golden Slumbers, Banda Portuguesa

É um dos duos mais falados deste Verão e fazem também parte da colectânea Novos Talentos FNAC'14. São as Golden Slumbers, duas irmãs - ...

É um dos duos mais falados deste Verão e fazem também parte da colectânea Novos Talentos FNAC'14. São as Golden Slumbers, duas irmãs - Catarina e Margarida -, e lançaram recentemente o seu primeiro EP "I Found the Key". Apesar da sua curta história, a curiosidade falou mais alto e entre outras coisas ficámos a saber que o nome tem então origem numa música dos Beatles, que o facto de serem irmãs não interfere de forma negativa nas suas vidas musicais e ainda que em Setembro o primeiro LP começa a ser preparado. Querem saber mais? É só ler a entrevista que se segue. Obrigada às Golden Slumbers pelo tempo despendido. 


Olá meninas! Contem-nos, de onde vem o vosso gosto pela música e como é que surgiram as Golden Slumbers?
O projecto surgiu da forma mais natural possível. Como somos irmãs, convivemos diariamente e partilhamos o mesmo gosto pela música. Começámos primeiro por fazer covers de artistas que ambas admirávamos e, a pouco e pouco, começámos a compor algumas músicas nossas. Eventualmente, pusemos a possibilidade de levar isto a sério e, em Outubro de 2013, oficializamos o nosso projecto!


Porquê esse nome?
O nome surgiu de uma das nossas músicas favoritas dos The Beatles, “Golden Slumbers”!


Quais são as vossas influências?
The Staves, Kings of Convenience, Simon and Garfunkel, The Beatles, Cat Power, Laura Marling, entre muitos outros.


Como tem sido o início da vossa carreira?
Não podíamos estar mais contentes com a forma como tudo tem corrido,  o apoio tem sido incrível. Não estávamos nada à espera do feedback que temos tido!


Como é acumularem a vossa relação de irmãs com o duo? É fácil separar assuntos de família com a música?
Não chega a ser preciso separar as duas coisas, no fundo qualquer problema que surge é resolvido no seu respectivo contexto. Somos irmãs e naturalmente temos as nossas discussões mas tudo se resolve com bastante rapidez pois temos feitios muito compatíveis!


Este ano foram consideradas um dos Novos Talentos FNAC '14. De que maneira é que esse destaque vos tem ajudado?
Muitos dos nossos concertos vieram com o Novos Talentos FNAC, e só isso foi uma ajuda fundamental para a promoção do nosso projecto!


Como foi recebido o vosso primeiro single incluído nessa colectânea?
Temos tido um feedback óptimo!


Acabaram de lançar o vosso primeiro EP -  I Found The Key. O que é que esperam alcançar com o lançamento deste EP?
Esperamos que este EP nos abra o caminho para oportunidades maiores!


Por onde vão andar a apresentar o EP?
Estamos ainda com muitas datas por confirmar, mas em Agosto teremos, se tudo correr bem, concertos em Lisboa, Ílhavo, Évora e ainda mais alguns! Mas estejam atentos ao nosso Facebook (fb.com/goldenslumbersband)!


Para quando um LP das Golden Slumbers?
Para breve!! J Vamos começar a trabalhar num álbum a partir de Setembro!


Acham que é fácil ser-se músico em Portugal?
Ser músico não é assim tão difícil, mas viver da música em Portugal é que já é mais complicado... Mas como estamos numa fase inicial da nossa carreira, não podemos falar muito porque a verdade é que ainda não vivemos essa realidade.


Se pudessem pedir algum tipo de apoio à vossa música, qual seria?
Financeiro J


O que é que tem sido mais importante para vocês nesta caminhada rumo ao reconhecimento?
Os concertos, sem duvida! Temos tido quase sempre um feedback óptimo, quer ao vivo, quer nas redes sociais!


Fora a música, que outras actividades costumam fazer?
Ambas praticamos a actividade de dormir. Estamos quase profissionais.


Gostam de ler? Têm algum livro e autor preferidos?
Gostamos muito de ler!
(MARGARIDA): Eu estou quase sempre a ler, mas não são livros propriamente profundos ou que contribuam alguma coisa para a minha cultura geral. O meu guilty pleasure são os romances mais ligeiros.. Mas para parecer mais intelectual vou dizer que o meu livro preferido é o “To Kill A Mockingbird” e que o meu autor favorito é o Stieg Larsson, deixando os meus verdadeiros e embaraçosos gostos em mistério..
 (CATARINA):
Comecei a ganhar o gosto por ler à pouco tempo, infelizmente.. Não tenho um autor favorito mas o meu livro preferido é, sem dúvida, o “Sr. Valery”.


Que mensagem querem deixar os leitores do Morrighan?
Stay Fresh.

0 comentários