[Fotografia] Samuel Pimenta em Entrevista no Noo Bai

Fotografias por Sofia Teixeira Ontem tive o prazer de passar algumas horas na companhia do meu querido amigo Samuel Pimenta. O se...



Fotografias por Sofia Teixeira

Ontem tive o prazer de passar algumas horas na companhia do meu querido amigo Samuel Pimenta. O seu nome, impossível de não reconhecer, seja pela sua primeira obra de Literatura Fantástica - Heros, o Escolhido -, seja pela sua poesia, pelas suas crónicas, ou até mesmo apenas pela sua paixão pela escrita, seja ela em que formato for.

Há mais de quatro anos atrás, em Março de 2010, o Samuel Pimenta dava a sua primeira entrevista. A quem? Ao blogue Morrighan! Nunca me esquecerei do percurso inicial do Samuel e como ele me envolveu, e fez crescer, e me deu uma das maiores amizades que conservo nos dias de hoje. Cheguei a fazer a apresentação do seu primeiro livro na FNAC Chiado e desde então, mesmo com contratempos, a ligação nunca se perdeu.

Passado este tempo todo, e com tanto que o Samuel tem feito pela nossa cultura, achei que era a altura de fazer uma reportagem sobre ele, em tom de entrevista. Na nossa conversa, fizemos um balanço dos últimos quatro anos, onde constatámos muito do que se passa no meio literário português. Desde a renegação ao início de uma carreira, à procura posterior depois de este já ter conquistado o seu público, até à forma como muitas editoras, as chamadas vanity, enganam muitas vezes quem quer publicar o seu primeiro livro.

O percurso do Samuel pode ter tido um início complicado, mas a sua luta e o seu querer foram maiores que as dificuldades e é com muito orgulho que o vejo a ir no próximo mês ao Brasil receber a Comenda Luís Vaz de Camões, pela "Literarte - Associação Internacional de Escritores e Artistas".

Tudo em pormenor daqui a uns dias, aqui no Morrighan.

Página de Facebook do Samuel Pimentahttps://www.facebook.com/samuelpimentaescritor

0 comentários