Vou de férias e...! [Diário de Bordo IX]

Ontem tirei o dia de folga! Cortei a rotina de ir à praia de manhã e trabalhar de tarde para ir o dia todo para um parque aquático. Apr...



Ontem tirei o dia de folga! Cortei a rotina de ir à praia de manhã e trabalhar de tarde para ir o dia todo para um parque aquático. Aproveitando descontos que nos ofereceram, a mim e à minha família, lá acordámos cedinho para um dia descontraído de Sol, piscina, escorregas, montanha russa e o merecido descanso no final. Quando me estava a vir embora, passei por um espaço muito giro em que uma das pinturas era o nosso querido Camões. Fui pôr-me a ler o meu Kobo ao pé dele e só me pergunto o que é que ele pensaria destas modernices!!

Com isto, a única coisa que avançou, relacionada com o blogue foi mesmo a leitura do livro A Guerra Diurna! Bem, que raio de leitura mais cheia de adrenalina! Este Peter V. Brett sabe mesmo como escrever! Arlen, Ahmaan, Leesha, Rojer, Gareth, Renna, Inevera e todos os alagai vão ficar, durante muito tempo, na minha memória! Adoro toda a construção do mundo, a humanização das personagens, a consistência do enredo... Tudo! Ainda só vou a ¾ do livro, mas espero vir a acabar muito brevemente. Este calhamaço, apesar de longo, vale totalmente a pena. Também já vou a meio do Puros e tenho a dizer que promete, vamos lá ver se se concretiza!

Faltam ainda duas entrevistas, MUITAS opiniões, mas dado que vou ter acesso mais facilitado à net nos próximos dias, pode ser que a coisa se arranje! Hoje foi o último dia de praia, já estou a ressacar, mas não tarda está aí o Fusing e é praia, música, arte, boa gastronomia e ainda desportos náuticos! Não me devo aventurar muito, mas hei-de lá estar para registar os melhores momentos!

Em relação a hoje, espera-me uma longa viagem, mas há-de ser boa para adiantar leituras e dormir uma soneca! Como o Diário de hoje é curtinho, quero aproveitar para lembrar que o Zigurfest, um festival de música moderna portuguesa de Lamego, decorre nos dias 29 e 30 de Agosto, tendo já confirmados os meus queridos You Can’t Win, Charlie Brown, Twisted Freak, Tales and Melodies, entre outros. Ainda não sei se vou conseguir ir, mas o que é certo é que para quem gosta de expandir o seu reportório musical e conhecer novos projectos de qualidade, este é um grande festival. O próprio espírito é diferente dos demais e, por isso, quem puder e estiver por perto, pode e deve passar por lá J


Darei notícias brevemente! Beijinhos e até ao próximo Diário de Bordo! 

0 comentários