Vou de férias e...! [Diário de Bordo XIV] O Pré-Fusing! Experiências que não se esquecem!

First Breath After Coma, por Paulo Gonçalves Hello! A aventura no Fusing já começou e ao primeiro dia, confesso, já me sinto bem...

First Breath After Coma, por Paulo Gonçalves


Hello! A aventura no Fusing já começou e ao primeiro dia, confesso, já me sinto bem estafadita! Foram 10 concertos em que estive presente, fora a gastronomia, a garagem das artes e ainda um passeio pela Surf Village! Nunca antes tinha estado num festival em plena praia, mas confesso que a disposição do recinto e toda a dinâmica das várias componentes que o compõem, está muito original!

Hoje o Diário de Bordo vai ser curtinho, pois como vou fazer um post sobre os concertos de ontem e, se tudo correr bem, foto reportagens, não vale a pena estar a repetir-me J
Ainda assim, deixo aqui as minhas peripécias no pré-concertos, em que as mini-entrevistas foram uma realidade, o vento fortíssimo também, mas o que imperava era um espírito saudável, de imensa simpatia e de um companheirismo impecável.

Comecei então a tarde com os First Breath After Coma e com o Hugo Ferreira, da Leiria Calling, em que falámos um pouco dessa iniciativa (será feito um post sobre isso) e ainda do novo penteado do Rui! Eheheh! Ainda tive direito a um disco lindíssimo disco com os First Breath After Coma de um lado e os Nice Weather For Ducks! Hoje espero estar com estes segundos!

Seguiram-se os For Pete Sake, com quem é sempre um prazer enorme falar – “Ai é com a Sofia agora? Então estamos à vontade, ela já é da família!” Obrigada, malta! J Aqui fiquei a saber, em primeira mão e antes do concerto, que iam tocar uma música que ainda não tinham tocado em festival nenhum.

Noiserv - David Santos -, por Paulo Gonçalves

A seguir encontrei os Sensible Soccers – vocês têm de os ouvir!! Eles são tão porreiros! Éramos para ter falado um pouco, mas as entrevistas demoraram mais do que eu pensava e Noiserv estava quase a começar... Ainda assim não deixei de estar presente no concerto e depois, quando os encontrei a seguir ao concerto, tive oportunidade de lhes dar os parabéns! Como vão estar em Paredes de Coura também, a ver se consigo estar lá com eles!

De seguida, encontrei quem? David Santos aka Noiserv, claro, antes mesmo de ir para o palco Experience! Tive a oportunidade de tirar uma foto com ele e de lhe desejar um bom concerto! A nossa foto está no instagram e atentem que as expressões não podia estar mais cómicas. Estava mesmo muito pouco vento! (ironia...)

Antes mesmo de Noiserv começar, no palco Experience estavam lá os Gethoven e foi lá que encontrei quem? Os White Haus, pois claro! Deu para brincarmos um pouco e ainda tirar uma fotografia super cómica!

Sabe bem ver que, depois de entrevistarmos os artistas, eles nos reconhecerem em pleno festival, pararem para falar connosco e serem super simpáticos. É muito gratificante e acredito que passe o tempo que passar, muitas ligações se irão manter! Um exemplo foi com os Primitive Reason em que, apesar de não ter sido possível estarmos juntos , enquanto tocavam e eu fotografava, reconheceram-me e acenaram!

Mais tarde, em Slow Magic, vocês não vão acreditar, mas ele saltou do palco, pegou num dos tambores e veio para o meio do público, precisamente onde EU estava e tocou lá boa parte de uma música! Que loucura de festival a nível de experiências! J

White Haus, por Paulo Gonçalves

A noite terminou com White Haus, no fim eu já mal me consegui manter de pé, após 11h sem me sentar! Mas estou tão contente! J Estafada mas feliz.

Muito obrigada a todos os que estão a tornar esta experiência fantástica, principalmente aos meus três amigos que têm aturado todas as minhas birras, queixas e também toda a minha euforia! Eheheh

Mais tarde, a reportagem do festival! Beijos e até ao próximo Diário de Bordo!

0 comentários