Vou de férias e...! [Diário de Bordo XVIII] Arranca Vodafone Paredes de Coura!

Três noites, três noites se passaram desde que aqui cheguei e mais parece que passaram a voar! Sem o recinto aberto, Paredes de Coura s...



Três noites, três noites se passaram desde que aqui cheguei e mais parece que passaram a voar! Sem o recinto aberto, Paredes de Coura subiu à vila e foram 9 os projectos que vi desde que cheguei. Começou com Moullinex e Xinobi brutais, no dia seguinte tivemos os fantásticos First Breath After Coma e ontem conheci os The Holy Nothing! Hei-de falar sobre isto com mais pormenor, assim que consiga algumas horas, mas para já fica o registo que esta edição tem tudo para ser uma das melhores que Paredes de Coura já viu nos últimos anos. Ainda é cedo para falar do cartaz, mas toda a estrutura do festival está a melhorar cada vez mais. 

Também nesta edição, vamos ter as Music Session em que um artista, por dia, dará um concerto num local idílico de Paredes de Coura. São concertos surpresa, dos quais só sabemos quem é o artista e a hora a que decorrem no próprio dia. Hoje é a vez de Capicua! À noite temos no cardápio, Capicua a abrir, Cage The Elephant, Janelle Monáe, PUBLIC SERVICE BROADCASTING e Cut Copy (DJSET) a fechar! 

Eu adoro este festival, de coração. Para mim é uma honra estar cá como imprensa, não existe outro festival que tenha tanta influência na minha disposição como este. As razões são várias, mas todo este espaço natural, os amigos que levamos, encontramos e fazemos, os que reencontramos, o carinho com que nos recebem e a disponibilidade sempre em ajudar, dão um espírito único. 

Não estou com muito tempo para escrever agora, mas uma coisa vos digo, quem tiver a oportunidade de vir ao Paredes de Coura, faça-o, não existe arrependimento possível! Obrigada por me deixarem partilhar a minha felicidade e orgulho! Se tive esta oportunidade, devo-a a todos os que fazem parte desta grande casa que se está a tornar o Morrighan. Leitores, Escritores, Músicos, Editoras, Promotoras, Artistas, Actores, a todos, sem excepção, que já deixaram aqui a vossa marca e, claro, aos meus amigos e família, que tanto me aturam! 

Beijos e até ao próximo Diário de Bordo! 

0 comentários