[Música] Três dias de Rock Monster (Rock Nacional) no Musicbox Lisboa

Três dias, seis concertos em igual número de bandas são estes os motes para o Rock Monster que, entre 18 e 20 de Setembro, traz até ao Musi...

Três dias, seis concertos em igual número de bandas são estes os motes para o Rock Monster que, entre 18 e 20 de Setembro, traz até ao Musicbox alguns dos exemplos de primeira linha do rock'n'roll nacional. A iniciativa, que resulta da parceria entre o club lisboeta e a Monster Energy Drink, tem como destaque o regresso aos concertos de Men Eater, o concerto de Hills Have Eyes e o regresso aos concertos em Lisboa de The Quartet of Woah.
Os bilhetes custarão 6 euros por dia e dão direito a um Monster Energy Drink. O Rock Monster contará ainda com um passe geral no valor de 12 euros que dá acesso aos três dias de programação. Ambos estão à venda na bilheteira online e locais habituais.


QUINTA . 18 SETEMBRO
HILLS HAVE EYES | LIVE | 22H00
MEN EATER | LIVE | 23H00

SEXTA . 19 SETEMBRO
DREAMWEAPON | LIVE | 00H00
THE QUARTET OF WOAH | LIVE | 01H00

SEXTA . 20 SETEMBRO
10 000 RUSSOS | LIVE | 00H00
KILIMAJARO | LIVE | 01H00

Entrada Diária: €6 com oferta de um Monster Energy Drink
Passe Geral: €12

A marcar o arranque do ciclo Rock Monster, regresso aos concertos dos Men Eater, a banda de culto do panorama do metal experimental português que tem vindo a estar afastada das edições e concertos desde meados de 2012. O reencontro responde a um desafio lançado pelo Musicbox para reunir a banda e tocar o primeiro álbum do colectivo “Hellstone”. A noite fica ainda marcada pela actuação de Hills Have Eyes, o colectivo sadino que tem espaço reservado na cena metal underground, que conta editar o disco de estreia este ano.
O segundo dia do mini festival explora os universos mais psicadélicos da música pesada. Esperem-se melodias experimentais, guitarras reféns de efeitos e paisagens sonoras que marcadas pela subjetividade, obsessão e alucinação. Os primeiros a pisarem o palco do Musicbox são os DreamWeapon. Em carteira trazem o Ep homónimo, que apresenta um punhado de canções de forte componente melódica, carregadas de distorção e psicadelismo. A programação segue rumo com os incontornáveis The Quartet of Woah! que, desde o lançamento de "Ultrabomb", têm honras de destaque no panorama da crítica nacional. Rock psicadélico e progressivo dos anos 70 que serve de base para um stoner rock emocional e fulgurante.
O terceiro dia de concertos Rock Monster tem por embaixadores Kilimanjaro e 10 000 Russos, numa noite em que o pós-rock e o stoner se servem em doses desmedidas. 10.000 Russos e Kilimanjaro estão prestes a tomar de assalta a cena rockeira nacional. Ambos com trabalhos editados pelaLovers & Lollypops, regressam a Lisboa com a destreza de quem está a palmilhar o caminho certo rumo à certeza. Importa por isso situar o que se ouve por aqui: existe muita América no combo digno de ser estrela maior no universo stoner californiano, o que quer dizer que há um mar de músculo na última noite do fim-de-semana Rock Monster, banhada em longos cabelos e barbas sedutoras.

0 comentários