[DESTAQUE] Holy Nothing, Sequin, Paus e Walter Benjamin com novos vídeos

Depois do EP Boundaries, eis que os Holy Nothing lançam o primeiro single "Cumbia" que antecede o novo trabalho. Uma conjugaç...



Depois do EP Boundaries, eis que os Holy Nothing lançam o primeiro single "Cumbia" que antecede o novo trabalho. Uma conjugação de elementos dançantes com electrónica imensamente contagiante e que abre então o apetite para músicas futuras. 




O mundo de Ana Miró é um brilhante multicolorido em formato de palete. De facto, as canções de Sequin são verdadeiras bolas de espelho, bem a condizer com o ambiente nocturno e dançável dos seus temas.

E agora, chega o terceiro single extraído do disco de estreia, que vem dar ainda mais razão ao parágrafo acima. Chama-se “Flamingo” e, claro, o seu sentido maior é o movimento, com doçura pop. O vídeo foi realizado por Pedro Pinto e co-produzido pelo próprio e por Ana Miró.

Já se passaram alguns meses desde a edição de “Penelope”, o disco de estreia desta alentejana que, cada vez mais, apaixona quem a ouve e vê. Inúmeros concertos depois, incluindo internacionalizações e passagens pelos mais importantes festivais do país (Vodafone Paredes de Coura, NOS Alive, Milhões de Festa, entre outros), Sequin é, sem dúvida, uma das surpresas do ano.




Foi lançado hoje o video official de "Cume", o Segundo single retirado do mais recente álbum dos Paus: "Clarão". Esta é a melhor maneira de celebrar um ano muito importante para a banda portuguesa.

O vídeo em si já é uma celebração. O colectivo ZDB, CHERYL e VOLKOV COMMANDERS convidaram fãs a vestirem a pele dos Paus e depois destruírem a própria banda.

Os Paus têm sido chamados a atuarem nalguns dos maiores festivais de música do mundo como o caso do Eurosonic (Groningen, Holanda), SXSW (Austin, EUA), NRMAL (Monterrey, México), Primavera Sound (Barcelona, Espanha), Optimus Alive (Lisboa, Portugal), Low (Benidorm, Espanha), Jabberwocky (London, Reino-Unido) e Le Guess Who? (Utrecht, Holanda).




O último vídeo do Walter Benjamin é para a última canção inédita que o músico editou, Drive Anyway. O vídeo é composto exclusivamente de imagens caseiras do tempo em que vivia com a sua banda em Roman Road, Londres, e da sua viagem de volta para Lisboa – destino de viagem tão simbólico para o nome Walter Benjamin.

A música, gravada na casa de Roman Road, em 2012, com o companheiro Jakob Bazora, só poderia ter um vídeo a celebrar a amizade e um período tão fundamental para o crescimento do escritor de canções enquanto pessoa. É um encerrar de múltiplos capítulos que só terminará definitivamente no dia 12 de Dezembro no Lux, em mais uma noite Black Baloon, praticamente um ano após concerto em que Walter e os amigos deram uma vida nova ao clássico álbum dos Smiths, The Queen Is Dead. Há tantos convidados que o problema agora é saber como irão todos caber no demasiado pequeno palco do Lux. A noite começa às 23:00 e acaba quando o Lux fechar as portas com um DJ set de Pedro Ramos, Quem és tu Laura Santos? e do próprio Walter.

0 comentários