[6 Anos Blogue Morrighan] A Prenda Especial da Vera Marmelo

http://v-miopia.blogspot.pt/ http://www.branmorrighan.com/search/label/Vera%20Marmelo Para mim dispensa apresentações. É um facto qu...

http://v-miopia.blogspot.pt/
http://www.branmorrighan.com/search/label/Vera%20Marmelo

Para mim dispensa apresentações. É um facto que ninguém pode negar - a Vera Marmelo, independentemente de todas as suas outras ocupações como a engenharia ou a corrida, é das fotógrafas mais talentosas deste mundo. E não, não é um exagero afirmar tal. Quem acompanha o seu trabalho vai-se apercebendo que também lá fora, no estrangeiro, artistas e publicações já despertaram para o seu talento.

A Vera é daquelas pessoas que cativa não só por si mesma, mas também através do que fotografa. Tem uma visão do que a rodeia que torna tudo mais rico. O seu optimismo transparece na maioria das suas fotografias, mas também o pormenor, a solidão e uma certa contemplação fazem parte do cardápio. Claro que tudo isto é redutor quando comparado com a qualidade das imagens e do olho clinicamente artístico da Vera. Sou fã do seu trabalho, da alegria e paixão com que o faz, é uma autêntica inspiração não só como fotógrafa como também como ser humano.

Com os 6 anos do Morrighan, enviei um mail a umas quantas pessoas às quais queria agradecer, de forma simbólica, o facto de terem marcado o meu 2014, por o terem tornado melhor. É verdade que é impossível separar a Sofia do blogue da Sofia engenheira/desportista/professora/aluna/etc., mas hoje em dia sinto que o blogue se tornou numa espécie de identidade que realmente me liga a pessoas extraordinárias e que, mesmo que essas pessoas não dêem conta, o blogue também se torna muito delas. É boa a sensação. 

Recebi várias respostas e várias demonstrações: alguns quiseram oferecer livros, outros discos, outros enviaram mensagens, mas a resposta da Vera, não desfazendo as outras, deixou-me "wooooow": «posso fazer-te um retrato? :)» Como poderia recusar? Ainda estávamos em Dezembro, mas esse mês, a nível pessoal, não foi para esquecer, mas quase, e só na passada Quinta-feira consegui ir ter com a Vera. Sabem aquele dia possivelmente mais frio do ano, em que o novoeiro não deixava ver nada, estavam perto de 0ºC, etc? Pois foi nessa mesma manhã. Depois de uma hora de trânsito e uma pilha de nervos, ainda não eram 9h quando sou recebida já com grande energia pela Vera, na zona do Parque das Nações. A minha disposição mudou logo e a partir daí as fotografias falam por si. O gelo ficou mesmo apenas como paisagem, que as fotografias saíram bem calorosas de expressão. 

Não me achando feia, mas também não me acho particularmente bonita e muito menos com pinta do modelo, não é disso que se trata: ao olhar para mim através dos olhos da Vera senti que ela realmente consegue captar o que mais de bonito as pessoas têm. Adoro as suas fotografias de concerto, mas também os seus retratos são muito particulares. Quando falo de música ou de fotografias ligadas à música com outras pessoas, refiro sempre a Vera e costuma ser da praxe dizer "fogo, ser fotografado pela Vera é grande privilégio!". Ora, a generosidade da Vera levou a que esse privilégio e honra fossem agora meus. Desculpa Vera, pelo testamento, mas mereces toda a gratidão! <3 p="">

Mas vamos então ao resultados! A Vera publicou no seu maravilhoso blogue, duas das fotografias e podem vê-las aqui:


Deixo-vos com mais algumas cujo clique para mim foi automático: 








Mais uma vez, querida Vera Marmelo, muito obrigada! É uma honra estar tão bem acompanhada na tua colecção de retratos! 


PS: Dei-me à liberdade de deixar aqui uma banda sonora imaginária, só porque gosto realmente muito da música!

3 comentários