Do Amor ao vivo no Musicbox Lisboa a 23 de Maio

DO AMOR AO VIVO NO MUSICBOX, LISBOA DIA 23 DE MAIO ÀS 23H00M A PRIMEIRA PARTE É ASSEGURADOS POR OS QUAIS Os cariocas que também...



DO AMOR AO VIVO NO MUSICBOX, LISBOA
DIA 23 DE MAIO ÀS 23H00M
A PRIMEIRA PARTE É ASSEGURADOS POR OS QUAIS

Os cariocas que também amam a Bahia!
O grupo Do Amor é muito mais que uma simples banda! É um encontro interminável entre amigos de infância. Música livre de estilo e com suaves referências da música baiana e um rock refrescantemente tropical! Enquanto os vocais pausam na faixa, o instrumental não te deixa parado… O pescoço segue na ritmada levada feita Do Amor!
Marcelo Callado e Ricardo Dias Gomes compõem a atual banda de Caetano Veloso.
O Gabriel Bubu era (é) baixista de uma banda chamada Los Hermanos, Banda do Mar.
O Gustavo Benjão já tocou com ninguém menos que Totonho e Os Cabras, Nina Becker, Lucas Santana.

Piracema é o movimento que alguns peixes fazem contra a correnteza, rio acima até a cabeceira, para desovar e reproduzir. Esse movimento coletivo garante a preservação da espécie. Piracema também é o nome da fazenda onde o Do Amor criou seu último álbum, também lançado em vinil duplo, com todo o espaço para que se combinem musicalidade, sonoridade e visualidade. Gabriel Mayall (guitarra e voz), Ricardo Dias Gomes (baixo e voz), Gustavo Benjão (guitarra e voz) e Marcelo Callado (bateria e voz) são o Do Amor.


O segundo disco do grupo Do Amor mantém a forte pegada rock da banda, mas trazendo novas misturas amorosas que mostram o Do Amor numa constante reinvenção de sua sonoridade. Esse intenso processo coletivo para a confecção do disco imprime nas músicas uma forte pegada de banda, as influências de cada um são trazidas para formar uma sonoridade que, mesmo super misturada e miscigenada, ganha uma forte identidade própria. Rock, cumbia, baião, lambada, carimbó, guitarrada, se juntam rio acima em Piracema. A criação conjunta e a sonoridade forjada por um intenso trabalho coletivo pode ser vista na quantidade de canções compostas em conjunto pelos quatro integrantes da banda, são cinco no total, além das muitas permutações de composições em dupla ou trio.

Esse trabalho colaborativo acompanha o Do Amor desde o princípio. Amigos de longa data os quatro sempre estiveram juntos, seja em projetos pessoais ou tocando com outros artistas como Caetano Veloso, Banda do Mar, Rodrigo Amarante, Thais Gulin, entre outros grandes nomes da MPB.


0 comentários