S U R P R E S A - Festão no Musicbox dia 3 de Junho - An experimental Jet Set, Trash & No Star Night!

Pois é! Desafiaram-me, quando fui à Antena 3 e em conversas pós 6º aniversário, a organizar outras noites de concertos ao longo do ano....



Pois é! Desafiaram-me, quando fui à Antena 3 e em conversas pós 6º aniversário, a organizar outras noites de concertos ao longo do ano. Com a vida que levo não é fácil e depois de duas noites em contexto de marco de seis anos, foi preciso deixar passar algum tempo para também eu andar com a minha vida profissional para a frente. 

Supostamente ia ser a 3 de Julho, mas daquelas coisas que não controlamos foi-se a ver e ficou para 3 de Junho! Há imprevistos que vêm por bem e dado que faço anos a dia 1 de Junho para mim vai-se juntar o útil ao agradável pois se ia fazer jantar ou saída de anos, vou é levar toda a gente para o Musicbox na noite de Quarta-feira, 3 de Junho, para uma bela noite de boa música, recheada de gente talentosa e, imaginem só, de Leiria! 

Passemos ao que interessa: cartaz! Não sei se já vos tinha dito, mas tenho uma especial admiração por uma menina de Leiria, a Débora Umbelino. Fez parte dos Backwater and The Screaming Fantasy, mas agora que o seu caminho seguiu outro rumo também outro projecto surgiu - Surma! "É o seu projecto a solo onde mistura sonoridades do jazz com post-rock, electrónica e noise em composições invulgares. Nos rituais desta nova tribo, combinam-se os poderes de cordas, samplers, sintetizadores, e harmonias, que nos levam para algures, entre o noise e o experimental. Inovação e minimalismo exótico, ninguém sabe muito bem onde começa e acaba, nem mesmo a senhora que segue ao volante, mas é precisamente aí que reside a beleza da viagem."

Seguem-se os Twin Transistors, também oriundos de Leiria, que nasceram em Julho de 2009. "Fundados por dois membros dos The Allstar Project – Paulo Fuentez e Hélder Ferreira – e por Rui Fernandes, inicialmente o seu som era caracterizado por sintetizadores e teclados, sendo fortemente influenciado por Sonic Boom/Spectrum, LCD SoundSystem, com algumas nuances de experimentalismo. Entre 2009 e 2013 entraram e saíram alguns membros e só em 2014 se fixou o presente alinhamento constituído por: Hélder Ferreira (Guitarras/Voz), Miguel Fonseca (Guitarra/Baixo/Voz), Nuno Dionísio (Teclados/Synth/Precursão/Voz), Tiago Piedade (Baixo/Guitarra) e Tiago Veloso (Bateria/Precursão). Com o tempo, o som aproximou-se de um psicadelismo em formato canção, com influências de Spacemen3, Spiritualized ou Brian Jonestown Massacre. "Stell", primeiro vídeo, foi gravado ao vivo, sem overdubs, com 16 pistas e uma GoPro como testemunha.”

Para fechar a noite temos os nossos queridos Les Crazy Coconuts que também já dispensam apresentações! "Sapateado indie? Shoe Gaze?
São tão originais quanto surpreendentes e com o ritmo marcado pelos sapatos de Adriana Jaulino, Gil Jerónimo, Tiago Domingues e Hugo Domingues completam um conceito que junta o sapateado e as novas tendências da canção pop numa união mais que perfeita.
Do rock à dança, passando pela electrónica, os Coconuts surpreendem ao vivo e foram aclamados pelo juri do Festival Termómetro como melhor formação nacional de 2014.
Encontram-se a gravar o seu disco de estreia, mas pelo meio vão dando concertos que se tornam em experiências únicas e cada um é diferente do anterior."

O cartaz foi feito pela querida Raquel Nunes (blogue Letra-R), com conceito idealizado pelo Hugo Ferreira, as fotografias são do Ricardo Graça (Preguiça Magazine) e a ilustração é do nosso Afonso Cruz! Tudo gente boa e com um talento do caraças! Obrigada por fazerem parte disto! 

Vemo-nos dia 3 de Junho? Evento do Facebook para confirmarem a vossa presença aqui: 


0 comentários