Em Julho, pela Bertrand Editora: Objetos Cortantes, de Gillian Flynn

Objetos Cortantes Gillian Flynn Género: Ficção Tradução: Fernanda Oliveira Formato: 15 x 23,5 cm N.o de páginas: 320 ...


Objetos Cortantes
Gillian Flynn


Género: Ficção
Tradução: Fernanda Oliveira
Formato: 15 x 23,5 cm
N.o de páginas: 320
PVP: 16,60 €

Depois de Em Parte Incerta e Lugares Escuros, a Bertrand publica o livro que deu a conhecer a escrita viciante de Gillian Flynn.

LIVRO
Recém-chegada de um internamento breve num hospital psiquiátrico, Camille Preaker tem um trabalho difícil entre mãos. O jornal onde trabalha envia-a para a cidade onde foi criada com o intuito de fazer a cobertura de um caso de homicídio de duas raparigas. Há anos que Camille mal fala com a mãe, uma mulher neurótica e hipocondríaca, e quase nem conhece a meia-irmã, uma bela rapariga de treze anos que exerce um estranho fascínio sobre a cidade. Agora, começa a identificar-se com as vítimas. As suas pistas não conduzem a lado nenhum e Camille vê-se obrigada a desvendar o quebra-cabeças psicológico do seu passado para chegar ao cerne da história. Acossada pelos seus próprios fantasmas, terá de confrontar o que lhe aconteceu há anos se quiser sobreviver a este regresso a casa.

AUTORA
É autora de Em Parte Incerta e Lugares Escuros, ambos best-sellers do New York Times e entre os melhores livros do ano em que foram editados. A autora está publicada em mais de trinta países. Vive em Chicago com o marido e os filhos.
http://gillian-flynn.com/

IMPRENSA
«De uma eficácia lancinante e genuinamente aterrador.» Kirkus Reviews

«Gillian Flynn consegue criar personagens fortíssimas e colocá-las em situações extremas com abundância de surpresas e volte-faces.» José Mário Silva, Expresso

«Uma história substancial, que nos prende, isenta de lugares-comuns e construída em grande estilo. E o final, que eu tinha a certeza de que ia prever, é imprevisível. Um livro efetivamente muito astuto.» Augusten Burroughs

«Flynn tem um olho implacável para a imperfeição humana e para o mal que se move entre nós.» The Washington Post

«Um novo talento genial acabou de nascer.» Independent

«Um drama psicológico sinistro mas extraordinário.» Daily Mail

«Negro e original.» People

«Sabemos desde a primeira linha que estamos nas mãos de uma escritora cheia de talento.» The Boston Globe

0 comentários