Destaque para a Leitura de Fim-de-semana!

Saiu em Setembro, finalmente tive a oportunidade de pegar nele. O Samuel Pimenta é uma pessoa que estimo muito, um autor que admiro há j...


Saiu em Setembro, finalmente tive a oportunidade de pegar nele. O Samuel Pimenta é uma pessoa que estimo muito, um autor que admiro há já uma mão cheia de anos e nunca vou esquecer os seus primeiros passos, difíceis, turbulentos, mas que nunca o pararam. O Samuel é hoje uma pessoa melhor, a sapiência e a maturidade têm aumentado a olhos vistos e depois dos êxitos que foram os seus livros de poesia (e que hão-de continuar a ser), eis que este volta ao formato romance. Mas não um romance qualquer, um romance distópico que desafia quem lê a sair da esfera da conformação e a reflectir que papel quer ter na sociedade. Mas deixo mais para a opinião que há-de ser escrita. Terminei-o ontem e reafirmo, o Samuel está muito além do banal e do corriqueiro, acredito sinceramente que já é um dos nomes de referência da literatura portuguesa.

0 comentários