[Agenda] Le Butcherettes + Twin Transistors no Sabotage Club a 6 de Novembro

Os Twin Transistors estão de volta a Lisboa e vão fazer a primeira parte do concerto de Le Butcherettes no Sabotage Club, esta Sexta-fe...



Os Twin Transistors estão de volta a Lisboa e vão fazer a primeira parte do concerto de Le Butcherettes no Sabotage Club, esta Sexta-feira, dia 6 de Novembro!

​Depois de um concerto electrizante na edição de 2011 do Festival Paredes de Coura, Le Butcherettes regressam ao nosso país para apresentar o seu novo álbum ‘A Raw Youth’, editado pela Ipecac Records de Mike Patton no passado mês de Setembro. De novo com Omar Rodriguez Lopez (Mars Volta) na produção, ‘A Raw Youth’ é marcado pelas letras fortes envolvidas nas guitarras poderosas que marcam o som da banda ao longo de doze temas, contando ainda com participações de Iggy Pop e John Frusciante em dois deles. Ao projecto da mexicana Teri Gender Bender juntam-se agora Jamie Aaron Aux no baixo e Chris Common na bateria, conhecido pelos portugueses por ter masterizado trabalhos de bandas nacionais como PAUS, Equations ou Born a Lion. Depois de uma extensa tour norte-americana em que partilharam o palco com os The Melvins, a passagem por Portugal está agendada para 6 e 7 de Novembro, em Lisboa, no Sabotage Club, e em Leiria, no Teatro José Lúcio da Silva. 

O início da noite fica mais do que bem entregue aos promissores Twin Transistors. Os Twin Transistors nasceram em Julho de 2009. Fundados por dois membros dos The Allstar Project – Paulo Fuentez e Hélder Ferreira – e por Rui Fernandes. Inicialmente o seu som era caracterizado por sintetizadores e teclados, sendo fortemente influenciado por Sonic Boom/Spectrum, LCD SoundSystem, com algumas nuances de experimentalismo. Entre 2009 e 2013 entraram e saíram alguns membros e só em 2014 se fixou o presente alinhamento constituído por: Hélder Ferreira (Guitarras/Voz), Miguel Fonseca (Guitarra/Baixo/Voz), Nuno 
Dionísio (Teclados/Synth/Precursão/Voz), Tiago Piedade (Baixo/Guitarra) e Tiago Veloso (Bateria/Precursão). Com o tempo, o som aproximou-se de um psicadelismo em formato canção, com influências de Spacemen3, Spiritualized ou Brian Jonestown Massacre. "Stell", primeiro vídeo, foi gravado ao vivo, sem overdubs, com 16 pistas e uma GoPro como testemunha.

Lisboa, Sabotage Club, 6 de Novembro, 22H30
Bilhetes: 6€ em venda antecipada e 8€ no dia.

Videos:


Facebook

0 comentários