[DESTAQUE] Em Novembro, pela Porto Editora: Contos de cães e maus lobos, de Valter Hugo Mãe

Contos de cães e maus lobos Valter Hugo Mãe Págs .: 160 Capa : mole PVP : 15,50 € A 12 de novembro, a Porto Editora public...


Contos de cães e maus lobos
Valter Hugo Mãe

Págs.: 160
Capa: mole
PVP: 15,50 €

A 12 de novembro, a Porto Editora publica um novo livro de Valter Hugo Mãe, intitulado Contos de cães e maus lobos. 

LIVRO
Esta obra, prefaciada por Mia Couto, é composta por 11 contos, ilustrados por trabalhos de artistas como Graça Morais, Joana Vasconcelos ou José Rodrigues. Ilustram estes Contos de cães e maus lobos os artistas Ana Aragão, Cadão Volpato, Daniela Nunes, David de la Mano, Duarte Vitória, Filipe Rodrigues, Graça Morais, JAS, Joana Vasconcelos com Alice Vasconcelos, José Rodrigues, Luís Silveirinha, Nino Cais e Paulo Damião. Recentemente, através da chancela digital do Grupo Porto Editora, a Coolbooks, um dos contos que integram este novo livro foi publicado em formato ebook, com 6 ilustrações de Paulo Damião.

DO PREFÁCIO
«Há na escrita de Valter Hugo Mãe algo que nos desconcerta e nos fragiliza. (…) Está nestes contos aquilo que está em toda a sua obra: o questionar das nossas certezas mais fundas, uma visita às profundezas da alma. A escrita de Valter sugere, a todo o momento, que os outros somos nós mesmos.»
Mia Couto

O AUTOR
Valter Hugo Mãe é um dos mais destacados autores portugueses da atualidade. A sua obra está traduzida em várias línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em países como o Brasil, a Alemanha, a Espanha, a França ou a Croácia. Publicou seis romances: A desumanização; O filho de mil homens; a máquina de fazer espanhóis (Grande Prémio Portugal Telecom – Melhor Livro do Ano e Prémio Portugal Telecom Melhor Romance do Ano); o apocalipse dos trabalhadores; o remorso de baltazar serapião (Prémio Literário José Saramago) e o nosso reino. Escreveu alguns livros para todas as idades, entre os quais: O paraíso são os outros; As mais belas coisas do mundo e O rosto. A sua poesia foi reunida no volume contabilidade, entretanto esgotado.
Publica as crónicas Autobiografia Imaginária no Jornal de Letras e Casa de Papel na Revista 2, suplemento de domingo do jornal Público. Apresenta um programa de entrevistas no Porto Canal. Outras informações sobre o autor podem ser encontradas na sua página oficial no Facebook.

DOS PREFÁCIOS
«uma escrita altamente sofisticada, como um poema em prosa»
Ferreira Gullar, no prefácio a o nosso reino

«Este livro é um tsunami. (…) Este livro é uma revolução.»
José Saramago, no prefácio a o remorso de Baltazar Serapião

«Aqui, a forma é uma imagem do ser e da vida. E a escrita não é apenas uma experiência criadora da arte de escrever. É, sobretudo, a experiência da arte de viver.»
Adonis, no prefácio a o apocalipse dos trabalhadores

«desdobramento magistral de personagens estranhas e únicas»
Alberto Manguel, no prefácio a O filho de mil homens

«Está nestes contos (…) o questionar das nossas certezas mais fundas, uma visita às profundezas da alma.»
Mia Couto, no prefácio a Contos de cães e maus lobos

0 comentários