[7 Anos Blogue Morrighan] O Texto da Vera Marmelo

Quando as pessoas vêem que o BranMorrighan faz sete anos, pouca ideia têm do seu percurso. A verdade é que grande parte da minha activid...


Quando as pessoas vêem que o BranMorrighan faz sete anos, pouca ideia têm do seu percurso. A verdade é que grande parte da minha actividade actual pouco ou nada tem a ver com há de sete anos e, por exemplo, na música, só estou mais ou menos inserida há coisa de dois anos. Pouco depois de me ter desafiado a tentar entrevistar os músicos que gostava e que mais ouvia, e a descobrir novas bandas portuguesas, conheci o trabalho da Vera Marmelo. Fiquei fascinada. Fotógrafos existem muitos, mais ou menos profissionais, mas poucos são aqueles que conseguem extrair a verdadeira essência de quem fotografam. A Vera tem. É engraçado que depois dela me ter feito os retratos mais bonitos que tenho até hoje (como prenda do 6º aniversário), mais pessoas/fotógrafos vieram ter comigo a dizer que me gostavam de tirar um retrato. Nunca cheguei a aceitar nenhum desses convites. Primeiro, porque sinceramente não me sinto muito à vontade, depois porque o que a Vera conseguiu extrair, se calhar nem ela tem noção, acho que mais ninguém o conseguia. E no texto e nas fotos que se seguem penso que poderão ter uma pequena noção do que falo. Para além das fotografias encontram-se também links para poderem ver e explorar mais. Ela não pára, é uma mulher do caraças e fico muito contente por ter aceitado escrever um pouco sobre o seu ano. Obrigada Vera! 

Acho sempre piada ao facto de celebrares o aniversário do teu blog Sofia, sempre. Gabo-te a energia e paciência.

Uso o meu de forma descuidada e intensa. Acho que estou sempre a puxar os limites ao desgraçado. Em 2016, em Dezembro de 2016, completa 10 anos.

E é perto desse número redondo, e nos scroll downs infinitos que faço muitas vezes, que me apercebo que 2015, tal como 2014, 2013, passou-se pelos mesmos sítios e com quase sempre as mesmas pessoas. Ainda bem na verdade.

Um dia dei-me ao trabalho de perceber qual o músico que mais vezes fotografei, o sítio onde mais vezes fotografei e de pouco me serviu.

Norberto Lobo - Janeiro
Mas acho que ter começado http://v-miopia.blogspot.pt/2015/01/norberto-lobo-fornalha.html  e praticamente http://v-miopia.blogspot.pt/2015/12/norberto-lobo-na-zdb.html acabado os posts de 2015 com o Norberto Lobo na ZDB respondem logo às duas perguntas.

Norberto Lobo - Dezembro
Vejo os anos a acontecer sempre mais ou menos da mesma forma. E marcados com dois meses de festividades no Barreiro. Outubro com o Outfest http://v-miopia.blogspot.pt/search/label/outfest2015 . Dezembro com o Barreiro Rocks http://v-miopia.blogspot.pt/search/label/Brrrocks2015 .

Golden Teacher - Outfest
Parkinsons - Barreiro Rocks 
Parkinsons - Barreiro Rocks
Este ano teve Março com o Tremor http://v-miopia.blogspot.pt/search/label/Tremor e Agosto com o Bons Sons e o Reverence http://v-miopia.blogspot.pt/search/label/Reverence2015  (SLEEP! MEU DEUS!). 


Tremor - ZA!
Tremor - ZA!
Tremor - ZA!
Reverance - Jack Shits 
Reverance - SLEEP

E com isto parece que começo a fazer uma lista do que mais bonito aconteceu no ano passado. Vi a Banda do Mar http://v-miopia.blogspot.pt/search/label/Banda%20do%20Mar  dois dias seguidos. 


Banda do Mar
Banda do Mar
Conheci e fotografei o Devendra http://v-miopia.blogspot.pt/search/label/Devendra%20Banhart , passados 10 anos desde que o vi pela primeira vez, a tocar as suas canções num Sudoeste muito diferente do que temos.


Devendra - Sociedade de Geografia / ZDB
Fui a Bruxelas ver o D’Angelo e sentir que tinha 14 anos outra vez. Vi também lá o Father John Misty que, a par dos UMO, deve ter sido o que mais ouvi este ano.
Os Caveira http://v-miopia.blogspot.pt/2015/07/caveira.html , na inauguração do António Júlio Duarte, na Z… foi das coisas mais coração na boca que vi acontecer.

Caveira - ZDB

A Angel Olsen http://v-miopia.blogspot.pt/search/label/Angel%20Olsen  rebentou com tudo, a solo, na Z.


Angel Olsen - ZDB

E em Outubro troquei de máquina, simplificando ainda mais a minha vida.

Conheço o Cláudio há 15 anos e foi uma felicidade sem explicação ver os Pista http://v-miopia.blogspot.pt/2015/11/pista-o-concerto.html a apresentar o primeiro disco, no Musicbox, numa noite cheia de amigos.


PISTA no Musicbox
PISTA no Musicbox
Ficam-me no coração os retratos novos da Lula Pena http://v-miopia.blogspot.pt/2015/07/lula-pena.html , ter acompanhado o Pedro Coquenão e os Konono nas gravações e ter partilhado um par de dias no Iá com o Emicida, o Valete, a Capicua e o Rael. Ficam muitas coisas por sublinhar. Mas no meio de muitas coisas de deixar o coração vazio e apertado, sem saber o que pensar, também trouxe muita coragem, muita gente nova.


Lula Pena


PS: Vera, nem eu sei bem porque comemoro o aniversário, a não ser porque do meio literário já vinha com esse espírito e porque gosto de colocar bandas a tocarem num certo contexto que se calhar de outra maneira não o fariam. Mas digo-te, esses teus 10 anos deviam ser comemorados! Querendo preparo-te eu uma festinha! Eheheh! Tem um excelente 2016! 

0 comentários