Diário de Bordo da residência artística do escritor Samuel Pimenta em Pinheiro no BranMorrighan

Pau Storch Photography É com muito orgulho que acompanho mais uma conquista do escritor Samuel Pimenta e é com uma gratidão ainda maior...

Pau Storch Photography
É com muito orgulho que acompanho mais uma conquista do escritor Samuel Pimenta e é com uma gratidão ainda maior que anúncio que o Samuel aceitou ter uma pequena residência virtual aqui no BranMorrighan para nos ir contando como está a ser a sua experiência em Pinheiro, local onde vai viver este mês. Passo a explicar.

O Samuel ganhou a Bolsa Jovens Criadores 2015 no fim de Outubro, atribuída pelo Centro Nacional de Cultura. Esta bolsa apoia a escrita de um novo romance, cuja história irá decorrer na aldeia de Pinheiro, precisamente onde se encontra agora. Um dos requisitos da bolsa era passar um mês na aldeia, em contexto de residência literária/artística, para recolha de informações e produção escrita. 

De alguma forma, olho para este projecto como uma forma de me religar aos meus ancestrais e de homenagear e promover uma região a que estou ligado.

Assim sendo, a cada Domingo, começando hoje, irei publicar os seus textos sobre a sua experiência. Acho que esta partilha é muito generosa por parte do Samuel, até mesmo inspiradora, e estou muito curiosa por acompanhar o seu percurso neste processo. Mesmo para jovens aspirantes a escritores, esta pode ser uma boa referência. Eu acredito que a personalidade e a voz única da escrita do Samuel ainda vai dar muito que falar. Fiquem atentos, daqui a pouco sai o primeiro texto! 

0 comentários