[Diário de Bordo] Olá 2016!

Bom dia! Bem sei que o post de ontem foi meio deprimente, mas não me podem pedir que faça balanços sem que o mood se altere, ou seria e...


Bom dia! Bem sei que o post de ontem foi meio deprimente, mas não me podem pedir que faça balanços sem que o mood se altere, ou seria eu um robot em vez de um ser humano. A questão aqui, não sendo eu de novas resoluções, etc. etc., que tanto se apregoam quando chega cada dia 1 de Janeiro, é que houve realmente muita coisa bem feita em 2015 e já ando a planear mais algumas para 2016. Revejamos a matéria dada: 


Lá está, ainda andei por Bilbao e ajudei a organizar umas quantas coisas, mas estes foram os eventos mais marcantes a nível pessoal por ter sido 100% responsável pelos mesmos. Nem menciono festivais ou concertos a que fui, para isso basta pesquisarem um pouco no blogue, nos vários separadores e facilmente encontram essas coisas todas.

Mas então o que é que já tenho magicado para 2016? Pois bem, tenho pelo menos já quatro datas que devem colocar na vossa agenda:

  • 15 de Janeiro de 2016 - 7º Aniversário do blogue no Musicbox
  • 12 de Fevereiro de 2016 - 7º Aniversário do blogue no Maus Hábitos
  • 19 de Fevereiro de 2016 - A anunciar
  • 7 de Abril de 2016 - A anunciar
Tenho ainda o projecto com o Matéria Negra a avançar, que vai ser anunciado de forma mais detalhada durante os próximos dias e que consiste numa espécie de colectânea, sim, mas em que foram desafiados 7 ilustradores e 7 novos escritores (a maior parte é mesmo uma estreia e até são de outras áreas como a música ou a arte contemporânea - fácil de adivinhar, este último) para desenharem e escreverem sobre deuses/heróis celtas! Lá está a coisa do ciclo dos sete anos e voltar naturalmente às origens. Está a dar um gozo do caraças ver o que sai daqui! E quero muito poder apresentar este projecto de forma decente e com qualidade, vai é demorar mais tempo do que estava à espera, mas é também um marco dos 7 Anos do blogue. 

Acredito que 2016, aqui no blogue, vá ser mais calmo. Nos últimos anos tem havido uma espécie de urgência em estar, em fazer, em ler, em tudo, o que é normal quando se quer arrancar com alguma coisa nova, mas acho que cheguei ao ponto de estabilizar, criar alguma serenidade e fortalecer algumas das ideias que andam a remoer. Tenho a certeza que a minha intervenção nos meios culturais vai ser muito mais de bastidores, coisas que por vezes nem aqui posso partilhar, como já aconteceu este ano que passou. No entanto, acho que isso só pode ser positivo. Quero apostar em mais textos genuínos e menos em divulgações que já todos fazem (eu sei, eu sei que mesmo assim já sou super selectiva, mas não há tempo para tudo e por isso a selecção ainda vai ser mais rigorosa).

Uma das novidades de 2016, mais activa que nos outros anos, é que vou convidar algumas pessoas para escreverem para o blogue. E não, não é para fazerem opiniões ou reportagens ou qualquer outro trabalho que pudesse ser eu a fazer. Quer dizer, até pode vir a acontecer, mas não num sentido de tornar o BranMorrighan numa equipa, mas mais na onda do que eu faço - textos pessoais sobre temas que possam tocar pessoalmente quem convido a escrever. Sendo o BranMorrighan essencialmente um blogue pessoal acho que só faz sentido convidar pessoas para escreverem no mesmo contexto. Afinal a humanidade de quem está por trás do computador também conta. Para textos (supostamente) imparciais e despidos de emoções (ou assim devia ser) já existem muitos outros sites. 

A nível de doutoramento, bem, não é por ser ano novo, mas desde Setembro que existem uns quantos objectivos já traçados, há que conseguir manter a motivação bem lá no alto. Vou a França em Março com um poster, conto ter pelo menos mais um paper escrito (espero que pelo menos submetido também) até próximo Setembro e devo voltar a dar aulas no próximo semestre. Um bocadinho na onda do "same old same old" mas com uma postura muito mais activa. 

Claro que tenho muitas outras coisas na cabeça, mas cada coisa a seu tempo, não é? Agora gostava de curar esta maldita "qualquer coisa" com que estou há mais de duas semanas! Um grande beijinho e abraço a todos os meus leitores incansáveis que apoiam, comentam, que se fazem sentir presentes. É muito importante para quem está deste lado! Muita força, saúde e felicidade para vós! 

FELIZ 2016

0 comentários