[Diário de Bordo] O projecto mais do que especial Gente Com Música Dentro

http://gentecommusicadentro.tumblr.com/ https://www.facebook.com/gentecommusicadentro/ Eu devia ter vergonha de só agora estar a divu...

http://gentecommusicadentro.tumblr.com/
https://www.facebook.com/gentecommusicadentro/

Eu devia ter vergonha de só agora estar a divulgar este projecto. Fui adiando, adiando, mas não dá para adiar mais. Não quando o privilégio que sinto ao estar nele é tão grande. Gente Com Música Dentro é um projecto do Luís Costa, já aqui apresentado no blogue como guitarrista dos You Can't Win, Charlie Brown, ou baterista dos So.ma. Foi o primeiro protagonista da rubrica Playlist da Quinzena aqui no BranMorrighan e desde que conheço o seu trabalho, tanto em banda como em nome próprio, que o sigo atentamente. Claro que a isso seguiu-se conhecê-lo um pouco como pessoa e só ajudou a que a certeza que tenho que estamos perante uma pessoa extraordinária aumentasse. 

No seu manifesto ele diz: O plano é que este blog seja um repositório de retratos que vou tirando à socapa aos meus amigos com quem partilho a paixão pela música. Digo à socapa porque na verdade não sou grande fã de retratos planeados, acho sempre mais piada aos momentos e expressões espontâneas captadas quando a pessoa não está a posar para uma foto. O que não quer dizer que no futuro não venha a incluir alguns retratos mais tradicionais aqui, como qualquer work in progress é provável que vá evoluindo por outros caminhos, logo se vê.

Pois bem, aqui há umas semanas o Luís foi ver o concerto de apresentação dos Few Fingers, com primeira parte da Surma, à Casa Independente, noite essa organizada por mim. Eu bem o vi de máquina na mão, ele bem me avisou para eu ter cuidado, mas a verdade é que realmente não dei conta de ele ter capturado umas quantas fotos comigo nelas. Hoje, o último mês de Março de 2016, fica marcado pela publicação de algumas dessas fotos no seu blogue que só tem pessoas de um luxo imenso. Como já deixei o link geral no início do post, deixo-vos aqui o link directo para o post sobre mim: 


E a comoção vem também porque para além das fotos ele escreveu algumas palavras que me tocam no coração de forma muito especial. Quando ele me pediu uma música para ser banda sonora do post, eu tive que lhe responder na mesma moeda, com uma música dele, do seu trabalho a solo. E por muitas razões que vos possam passar pela cabeça, a verdadeira poderá estar longe da verdade. Escolhi a Wide, do seu Layered, porque foi uma música que me fez companhia num dos momentos mais difíceis da minha vida, a morte do meu melhor amigo há um ano atrás. Foi por essa altura que ganhei a mania das longas caminhadas e a playlist embora fosse variando, continha sempre alguma música do Luís. Porque o Luís é das pessoas com mais música dentro dele. Ando a tentar convencê-lo a voltar a dar concertos em nome próprio... Está difícil, mas eu não desisto facilmente! Eheheh :) 

E é isto. Obrigada, querido Luís, por tamanha demonstração de carinho. Bem sei que escolhes a dedo os teus convidados e sinto-me mesmo extremamente honrada. Tenho acompanhado cada um dos teus posts, desde o primeiro, e estar ao lado de gente que também me é tão querida é mesmo qualquer coisa. Espero que todos possam seguir o trabalho do Luís, que para além da música tem obviamente olho para a fotografia. Deixem o vosso like na página dele no facebook (está no início do post) ou sigam-no através do tumblr. Ele merece! Um grande, grande beijinho cheio de gratidão!

0 comentários