Em Abril, pela TOPSELLER: O Assassino do Crucifixo, de Chris Carter

O Assassino do Crucifixo Chris Carter Ed. Topseller | 384 pp. | 18,79€ Um corpo mutilado. Um assassino impiedoso. Um pesadelo que parece ...


O Assassino do Crucifixo
Chris Carter

Ed. Topseller | 384 pp. | 18,79€

Um corpo mutilado.
Um assassino impiedoso.
Um pesadelo que parece não ter fim.
Um thriller vertiginoso e arrepiante, que prenderá o leitor da primeira à última página.

LIVRO
O corpo de uma jovem é encontrado numa cabana abandonada, no meio de uma floresta. Quando é chamado ao local do crime, o detetive Robert Hunter vê-se no meio de um cenário que parece saído de um filme de terror.
Nua e presa pelos braços a dois postes, a vítima foi torturada até à morte e no seu corpo foi entalhada uma cruz que o detetive reconhece de imediato: é a assinatura de um psicopata conhecido como Assassino do Crucifixo. Mas como é possível, se o Assassino do Crucifixo foi condenado e executado há dois anos?
Poderá este criminoso ser um imitador? Ou será que o impensável aconteceu e ele está, afinal, vivo e à solta? O detetive Robert Hunter e o seu parceiro embarcam numa investigação perigosa para descobrir a verdade e capturar de uma vez por todas este violento assassino. Mal sabem eles que estão, na verdade, prestes a entrar no mais terrível dos pesadelos.

AUTOR
Chris Carter nasceu no Brasil mas cedo se mudou para os Estados Unidos, onde se formou em Psicologia com especialização em Comportamento Criminal. Foi psicólogo criminal durante vários anos antes de se mudar para Los Angeles e depois para Londres, onde tocou como músico para artistas conhecidos, até que deixou tudo para se tornar escritor a tempo inteiro.
Hoje, aplica na escrita a sua experiência de vários anos enquanto psicólogo criminal. A série Robert Hunter conta já com seis volumes publicados, todos bestsellers internacionais. Os seus livros já foram traduzidos para 14 línguas e são êxitos de vendas na Dinamarca e na Alemanha. Neste último país, o autor já vendeu mais de um milhão de exemplares.

IMPRENSA
«O autor e antigo psicólogo criminal baseou-se em entrevistas com assassinos para descrever os episódios mais perturbadores da história – e com grande impacto!» - Shortlist
«Uma estreia impressionante…Atenção aos mais sensíveis.» - Heat Magazine

0 comentários