[DESTAQUE] Em Maio, pela Porto Editora: Para lá de Bagdad, de Alberto S. Santos

´ Para lá de Bagdad  Alberto S. Santos  Págs.: 400  Capa: mole   Preço: 18,80  De Alberto S. Santos, Para lá de Bagdad    ...

´
Para lá de Bagdad 
Alberto S. Santos 

Págs.: 400 
Capa: mole  
Preço: 18,80 

De Alberto S. Santos, Para lá de Bagdad   
O regresso de um dos mais bem-sucedidos autores de romance histórico da actualidade 

A 12 de maio, a Porto Editora publica Para lá de Bagdad, o novo romance histórico de Alberto S. Santos, autor de sucessos como A Escrava de Córdova ou O Segredo de Compostela. A sessão oficial de lançamento acontece no dia seguinte, às 21:30, no Museu Municipal de Penafiel. Apaixonado pelos livros e pela investigação histórica, comissário do prestigiado evento literário Escritaria, Alberto S. Santos foi durante 12 anos Presidente da Câmara Municipal de Penafiel e tem-se dedicado, ao longo da última década, à escrita. Para lá de Bagdad é o seu quarto romance histórico. Esta é uma obra envolvente sobre um dos momentos mais intrigantes da História da Idade Média, que dá a conhecer os alicerces de uma civilização ainda hoje tão deslumbrante quanto desconhecida.  

LIVRO
A 21 de Junho de 921, Ahmad ibn Fadlan, emissário do califa, parte de Bagdad para uma arriscada missão na Bulgária do Volga, na Rússia actual. Para trás, deixa os mestres e companheiros da Casa da Sabedoria, que ergueram a época dourada do Islão. Os perigos que encontra ao longo do caminho levam Ahmad a alterar o rumo da viagem e a dirigir-se para as terras nórdicas do sol da meia-noite. Ao longo da jornada, vive um amor proibido com Zobaida, a bela escrava do tio, que o faz repensar toda a sua existência. Por entre climas adversos, costumes bárbaros de povos não civilizados e inesperados jogos de poder, o emissário do califa descobre um desconcertante mundo novo. Ao mesmo tempo, em Bagdad, assiste-se ao início de uma nova era: os sábios são perseguidos e os livros queimados na praça

AUTOR
Alberto S. Santos é formado em Direito pela Universidade Católica Portuguesa. É natural de Paço de Sousa, Penafiel, onde reside. Para lá de Bagdad é o seu quarto romance, seguindo-se aos bestsellers A Escrava de Córdova (2008), A Profecia de Istambul (2010) e O Segredo de Compostela (2013). Participou também na coletânea de contos de autores lusófonos Roça Língua (2014). 

OPINIÃO 
Ler Para lá de Bagdad é ir das ruas de Bagdad às estepes do Volga, viajar do centro do mundo sedentário até à orla das terras nómadas, e fazê-lo com a dose de aventura, exotismo e suspense a que os romances de Alberto S. Santos já nos habituaram. João Pedro Marques, historiador e romancista 

0 comentários