[Diário de Bordo] Aquele serão que todos queremos a um Domingo à noite

Tenho quase a certeza que já usei esta imagem num outro qualquer Diário de Bordo e por isso peço desde já desculpa pela faltar de origin...


Tenho quase a certeza que já usei esta imagem num outro qualquer Diário de Bordo e por isso peço desde já desculpa pela faltar de originalidade. A verdade é que me sinto assim tantas vezes (mas raramente uso collants opacas com saias travadas ou colares de pérolas - isso nunca uso) que poderia quase tornar-se a imagem de uma rubrica por aqui.

Leram o Diário de Bordo anterior? Pois é, armei-me em preguiçosa com uma série de tarefas que apareceram pelo meio, isso e a desgraça do meu FCP na Taça de Portugal (por favor respeitem o meu luto), que só agora, sim, só agora, é que me vou por a corrigir dezenas de projectos. Supostamente ao Domingo deito-me cedo porque às Segundas-feiras acordo às 6h, mas hoje está escasso e a chávena de café que acabei de virar (e que nunca acontece à noite), juntamente com metade de um rim (o bolo, claro) são prova de que açúcar e cafeína sempre foram bons companheiros. Não sigam este exemplo, por favor. Não é lá muito bom e devia estar com vergonha de o relatar, mas estou bem longe de ser perfeita. No Instagram e no Facebook do blogue (canto superior direito do site tem lá as ligações) podem acompanhar algumas das (des)arrumações que andam a ser feitas em termos de livros. Perguntam-me tantas vezes quantos livros é que tenho, que desta vez vou contá-los e registá-los!

E pronto, vou ali lavar a loiça para poder corrigir os projectos com as tarefas do dia terminadas, deixando-vos aqui com Crystal Fighters e votos para que tenham uma semana bem boa, cheia de sorrisos, danças (mesmo que psicológicas) e muito exorcismo de má disposição! Beijos beijos!

0 comentários