[Diário de Bordo] Professora, Aluna, Blogger, Repórter, Manager, Promotora, Que Mais?

Ok. Sábado. Sim. Mais ou menos. Não sei bem como é que já são 15h da tarde e, para além de ter tratado da casa e das roupas..., pouco ...


Ok. Sábado. Sim. Mais ou menos. Não sei bem como é que já são 15h da tarde e, para além de ter tratado da casa e das roupas..., pouco aconteceu. Dou conta que a semana passou a correr e sinto que aconteceu tudo e ao mesmo tempo que não aconteceu praticamente nada. Depende de que vertente da vida se fala! Sei que estou a ser confusa, mas vão ter de me desculpar e tentar acompanhar este raciocínio fragmentado se tiverem paciência, pois estou naquela fase de descompressão em que não estou muito preocupada em estruturas ou em parecer muito coerente.

A semana começou normalmente, com uma dose de aulas considerável para depois surgirem uns imprevistos, mas pelo meio lá consegui orientar-me um pouco para iniciar um novo trabalho no doutoramento. Também começou o Rock in Rio e com ele a minha cobertura ao Palco Vodafone FM pelo  Música em DX. Oh yeah, vida mais fácil no sentido em que os concertos/entrevistas começavam pelas 16h e acabam sempre pelas 21h. Não, nunca fico até aos concertos da noite. Nunca tinha ido ao Rock in Rio, mas sobre a experiência vão ter que aguardar que fale no MDX pois é lá que vai sair em primeira mão o testemunho na primeira pessoa. 

Mas bom bom, foi ter ontem os Twin Transistors, que agora acompanho com muito orgulho pela Omnichord Records, no Sabotage. A primeira parte foi dos Serushiô e foi um belo início de noite. A casa compôs-se e o concerto de apresentação de Sun of Wolves, primeiro disco dos TT, foi uma delícia! Obrigada ao Sabotage por nos ter recebido tão bem! E, oh!, já sei, a partir de agora sou suspeita em relação às bandas da Omnichord, mas caramba, vocês que me seguem há uns anos (afinal o blogue já leva sete anos e meio \m/) sabem bem que se não sentisse mesmo estas coisas nem sequer estava a colaborar com eles. Nunca uma "parceria" foi tão natural e tenho mesmo muito orgulho no percurso que esta malta tem percorrido e que tenho acompanhado desde 2013. 

Eis que agora se segue um fim-de-semana, em que o primeiro dia já passa de meio (p â n i c o), e eu com dezenas de projectos para corrigir e discussões para preparar. Tenho O Processo, de Franz Kafka, a chamar por mim constantemente e toda uma semana para planear. É engraçado que escrever estes diários de bordo me ajudam a constatar algumas coisas porque enquanto escrevo vou olhando de frente para o que tenho para fazer. E a próxima semana, por exemplo, envolve dois dias de discussões de projectos com alunos, o trabalho de duas cadeiras de doutoramento para meter as mãos na massa, bandas a tocarem pelo país, a feira do livro a começar, rock in rio a bombar e mais não digo porque ainda não posso dizer. Ah! E na semana a seguir faço anos! E há a festa no Musicbox! Oh well, verdade, a roda nunca pára de girar :) 

A foto escolhida para este post é para contrariar o estado meio macambúzio em que me encontro. Quando o cansaço aperta... Mas o Nuno, o rapaz ao meu lado na foto, tem sido um porreiro e é ele que tem aturado o meu mau feitio no RiR. É ele o fotógrafo correspondente do Música em DX. E pronto, tem sol, tem água e energia positiva para ver se me dou uma estalada mental e acordo para a vida! Mil beijos e tenham um excelente fim-de-semana! 

0 comentários