[DESTAQUE] IndieotaFESTAval

Quem me conhece sabe que desde os primórdios deste blogue que admiro e respeito muito quem luta pelos seus sonhos. Dentro da cultura por...


Quem me conhece sabe que desde os primórdios deste blogue que admiro e respeito muito quem luta pelos seus sonhos. Dentro da cultura portuguesa, encontramos muitas vezes pessoas cheias de talento e vontade de fazer coisas, mas por vezes ou falha a motivação ou o empenho. Por outro lado, temos outros que com pouco fazem mais do que muito e este é o caso do Luís Teixeira. Com um blogue modesto e uma postura que dá vontade de o abraçar e levantar ao ar, decidiu arregaçar as mangas e lutar por uma vontade que partilho com ele - a de divulgar o que de melhor se faz em Portugal. Neste caso, ele vai pegar essencialmente em bandas da margem sul, mas com muitos outros convidados de outros locais do país, e montar dois palcos que servirão de montra para melómanos que queiram descobrir música nova. Com tão tenra idade, tal determinação e conquista é de louvar, não contasse já com o apoio da Antena 3 e de outras editoras e promotoras já bem conhecidas, como poderão ver pela informação oficial. Eu, que lá vou organizando uns concertos de vez em quando, só posso sentir admiração e dar o meu apoio total a esta iniciativa. Fica a descrição e os links essenciais para que o possam seguir de perto! 


O IndieotaFESTAval surgiu quando Luís Teixeira (19 anos) quis trazer as suas bandas preferidas para o Montijo, sem muitos fundos ou condições de logística. Mais tarde recrutou duas pessoas para escreverem com ele no seu mínimo, mas ambicioso, blogue Montijo Sound e daí surge uma relação íntima com Catarina Soares (21 anos), estudante de comunicação Social que já escrevia noutras publicações, e que se sentiu imediatamente atraída pela energia e a vontade com que Luís tinha em fazer coisas acontecerem, mesmo que a sua visão nem sempre fosse expressa da melhor forma.

Depois de várias entrevistas (Pista, Capitão Fausto, Cave Story, Galgo) e algumas reportagens a alguns dos concertos mais memoráveis de 2016 em Portugal (Deafheaven, Os Mutantes), o IndieotaFESTAval é o derradeiro resultado de todo o trabalho feito pelo Montijo Sound em difundir toda a boa música que acontece no Montijo e para lá da ponte.

Com mais de 25 bandas divididas por dois palcos espalhados pelo Montijo, dois bares habituados a receber alguns dos nomes mais relevantes do movimento, logística simples, sempre fazendo jus ao mantra DIY, e apoio de toda a comunidade local, editoras, agências espalhadas pelo país (Spring Toast Records, Xita Records, Pontiaq, Pointlist) e ainda amadrinhado por Raquel lains (Let’s Start a Fire), IndieotaFESTAval traz um dos melhores cartazes alternativos do ano com: Mighty Sands, Pista, Ditch Days, 800 Gondomar ou The Sunflowers.

O Bilhete tem um custo de 5 euros que dá acesso aos três dias de festival, o cartaz foi desenhado por Mariana Charrua e é 100% Independente. Todos os custos do festival serão cobertos pelo Montijo Sound, sem quaisquer tipos de apoios financeiros exteriores, incluindo a Câmara Municipal do Montijo que rejeitou a carta da organização.
Dia 8, 9 e 10 de Setembro somos todos Indieotas!


0 comentários