[Queres é (a) Letra!] Bruno Pernadas - POEM (1)/(2)

Quando comecei este Queres é (a) Letra! estava claramente distraída. Comecei a postar as músicas...


Quando comecei este Queres é (a) Letra! estava claramente distraída. Comecei a postar as músicas sem ter colocado o poema de abertura, que serve mais tarde como de interlúdio. É um poema bonito, simples, mas que ao mesmo tempo nos deixa num limbo. Vislumbramos o mundo, sentimo-nos a caminhar para um lugar onde as seguranças e inseguranças parecem terminar, onde talvez até estejamos a realizar uma série de coisas que queríamos, mas e depois? Uma interpretação pessoal, óbvio, mas gostei bastante da musicalidade e da tonalidade do poema. Aqui fica o mesmo, caso não tenham percebido bem alguma parte. 


Silver flash of huge diamond rings caught my eye
Sunlight fragmenting into a thousand jewels across the water's skin
It’s quiet here now in winter
Day-by-day beauty entails the world
Life insurance is now over
I’m achieving all the purposes
And I don’t know what that means

0 comentários