[Texto Ana Cláudia Silva] trans(atlântico)

trans(atlântico) tenho passado os dias a cantarolar as canções que conheces de cor de sotaque açucarado sentindo que atravesso o oce...


trans(atlântico)

tenho passado os dias a cantarolar
as canções que conheces de cor
de sotaque açucarado
sentindo que atravesso o oceano
mesmo sem colocar os pés na água.

passo os dias a riscar esses mesmos dias no calendário
com aquele sol de inverno a ecoar nas colunas do rádio
e com aquela sombra a espreitar a ver se fazemos tudo certo.

escuta só,
tenho ali um veleiro à nossa espera.
e, tal como canta Amarante,
"Saudade, eu te matei de fome. E tarde, eu te enterrei com a mágoa".

volta a agarrar o meu braço de novo
e voarei contigo.

para o Edu

Ana Cláudia Silva

0 comentários