[DESTAQUE] Edição Comemorativa dos 20 anos de "Terrarium", de João Barreiros e Luís Filipe Silva

Terrarium João Barreiros e Luís Filipe Silva Nº 259 da Coleção Bang! Género: Literatura Fantástica Formato: 16 x 23 x 3,25 cm ...


Terrarium
João Barreiros e Luís Filipe Silva

Nº 259 da Coleção Bang!
Género: Literatura Fantástica
Formato: 16 x 23 x 3,25 cm
Peso: 804 gr
Páginas: 568

BEM-VINDOS AO FUTURO E AO COLAPSO DE TODAS AS UTOPIAS POR NÓS SONHADAS

LIVRO
Estamos a meio do novo milénio e a Fortaleza Europa acabou de vez. Bruxelas não é mais do que uma cratera radioactiva, as zonas costeiras foram alagadas pela subida das águas e a temperatura ambiente aqueceu até o clima ser quase tropical. Quem olhar para o alto, nos raros dias onde ainda se podem ver as estrelas, vai descobrir um anel gigantesco composto pelas carcaças das naves de exóticos migrantes. Mas isso não é o pior. A verdade é que entre esses exóticos que nos vieram pedir guarida, existem criaturas ainda mais monstruosas que resolveram transformar o planeta num lugar de consumo: num TERRARIUM, a bem dizer… Preparem-se para viver num mundo prestes a ser assimilado, para o bem ou para o mal, numa nova e efémera Utopia… Agora só nos resta resistir.

AUTORES
JOÃO BARREIROS é licenciado em Filosofia e ex-professor do ensino Secundário, tendo nascido a 31 de Julho de 1952. Participou na feitura do Grande Ciclo do Filme de FC de 1984 patrocinado pela Cinemateca Portuguesa e Fundação Gulbenkian, e dirigiu duas efémeras colecções para as Editoras Gradiva (Col. Contacto) e Clássica (Col. Limites). É autor de Terrarium (edição de 1996, com Luís Filipe Silva), O Caçador de Brinquedos e Outras Histórias, A Verdadeira Invasão dos Marcianos, as novelas Disney No Céu entre os Dumbos e A Bondade dos Estranhos e a monumental colectânea de contos Se Acordar antes de Morrer. Participou nas antologias organizadas pela Saída de Emergência, Os Anos de Ouro da Pulp Fiction Portuguesa e A Sombra sobre Lisboa, até acabar por organizar, para a mesma editora, a antologia de retrofuturismo, Lisboa no Ano 2000. 

LUÍS FILIPE SILVA é autor de O Futuro à Janela (Prémio Caminho de Ficção Científica), Terrarium (edição de 1996, com João Barreiros), além de vários contos, críticas e artigos em publicações portuguesas, brasileiras e internacionais. Como antologista, organizou Vaporpunk - Relatos teampunk
Publicados sob as Ordens de Suas Majestades (com Gerson Lodi-Ribeiro) e Os Anos de Ouro da Pulp Fiction Portuguesa (com Luís Corte Real). A GalxMente foi o seu primeiro romance, publicado inicialmente em dois volumes: «Cidade da Carne» e «Vinganças» (LeYa-Caminho, 1993)

0 comentários