Sandy Kilpatrick apresenta “Confessions From the South” dia 17 de Março em Braga

No próximo sábado dia 17 de março, o músico Sandy Kilpatrick atua no Theatro Circo de Braga pelas 21H30, e lança o seu mais recente álb...


No próximo sábado dia 17 de março, o músico Sandy Kilpatrick atua no Theatro Circo de Braga pelas 21H30, e lança o seu mais recente álbum de originais "Confessions From The South", tocado na íntegra pela primeira vez.

Um concerto agendado para o St. Patrick's Day, uma marcante data do imaginário irlandês e que se conecta diretamente com o universo sem fronteiras de Sandy Kilpatrick.

Neste concerto, Sandy Kilpatrick apresenta-se ao vivo com a The Origins Band, banda que agora acompanha o artista nesta nova fase e que está presente no seu mais recente álbum.

Sandy Kilpatrick escolheu o Theatro Circo de Braga como palco de lançamento de "Confessions From The South" por todo o valor simbólico que aquela casa representa na sua carreira artística em Portugal. Sandy começou por trabalhar na sala como relações internacionais, onde conheceu muitos dos seus ídolos como Philip Glass, Laurie Anderson e Bonnie 'Prince' Billy (a.k.a WillOldham).

Assim faz todo o sentido apresentar este álbum numa casa que lhe proporcionou, nas suas próprias palavras, uma "oportunidade de aproximação" para com os seus ídolos, onde se sentiu "inspirado" e onde fez de conversas fiadas, garrafas bebidas e gargalhadas trocadas com múltiplos artistas, um sonho maior chamado "Confessions From The South".

Os bilhetes, com o custo de 10 euros, podem ser adquiridos na BOL ou diretamente na bilheteira do Theatro Circo Braga: http://bit.ly/2mBnvz7


DISCO
“What’s the writing of poetry but a confession that life isn’t enough? What’s Art but a way to forget that life is just this?”
Álvaro De Campos em A Little Larger Than the Entire Universe.

"A escrita confessional é um estilo muito utilizado de composição, muitas vezes associado a compositores que cairam em desgraça na década de 60, seguindo o movimento folk liderado por Bob Dylan. Também está intimamente ligada à Igreja Católica. É talvez a partir de uma combinação destas duas ideias que cheguei ao nome "Confessions From The South", um caminho que me pareceu natural no momento da composição deste álbum, inspirado por Portugal, e, portanto, vindo do extremo sul da Europa". Diz Sandy Kilpatrick sobre a inspiração para este novo álbum.

"Confessions From The South" conta com 10 músicas escritas e compostas por Sandy Kilpatrick. São dez temas que percorrem regiões e cidades desde o Algarve ao Gerês, passando também pelas ilhas. Uma homenagem a Portugal e que contém a portugalidade já inerente à personalidade do artista escocês que se mudou para Vila Nova de Famalicão há mais de 15 anos.

É um projeto de uma intimidade e tom de celebração incrível. Uma obra que celebra diferenças e a união entre os povos, um trabalho de um artista que não reconhece fronteiras e se assume como contra-corrente aos novos paradigmas e discursos contemporâneos de muros e separação. É um álbum carregado de esperança num mundo cada vez mais cinzento.

"Confessions from The South" é o primeiro de um conjunto de quatro álbuns homenagem a diferentes países que, de alguma forma, marcaram a vida de Sandy Kilpatrick. O primeiro é sobre Portugal, os restantes passam por países como a Irlanda, Escócia e Noruega.


0 comentários