Diário da tour internacional do UM AO MOLHE #04

Em primeiro lugar, tenho e devo agradecer a confiança destes três artistas (o Pestana, super rodado por essa Europa) em mim, para agenda...


Em primeiro lugar, tenho e devo agradecer a confiança destes três artistas (o Pestana, super rodado por essa Europa) em mim, para agendar esta tour, é verdade que já tenho algumas conseguidas, mas esta de certa forma é especial.

Ontem, saímos de Escairon muito cedo inclusive com algum atraso, o Molarinho na condução eu entre mapas, GPS e garrafas de água fizemos uma viagem de 3 horas até Oviedo, enquanto o Pestana e a Umbelino dormiam.

La Salvage, o mais belo refúgio no coração das Astúrias. Chegamos atrasados, com 30min para montar e fazer soundcheck, lá conseguimos iniciar os espectáculos, Surma fez as honras da casa, numa secção Vermut derretendo todos os corações do público. O Manipulador seguiu-se, presenteando o público com alguns temas do próximo trabalho discográfico, uma certeza "es top Guay" e interessante as formas de construção das camadas de som. Tren Go! Iniciou o concerto em vantagem sobre os outros dois, já tinha almoçado, entre riffes de guitarra e cerveja de trigo tostada com distorção foi terminando mais uma secção vermut e um dia de concertos do UM AO MOLHE.

Entre arrumos e abraços com David, percebemos que "la Salvaje" é nossa casa, tendo a certeza que voltaremos a ver muito em breve.

O final de tarde e noite foi feito entre cigarros, conversas e turismo.

Mais uma vez, muchas gracias David!

André Simões, bullet Seed

0 comentários