Diário da tour internacional do UM AO MOLHE #11

!Hola! Muchachos e muchachas Bem, depois de uma matiné espectacular em Santa Uxia de Ribeira (como o Pestana descreveu no anterior d...


!Hola! Muchachos e muchachas

Bem, depois de uma matiné espectacular em Santa Uxia de Ribeira (como o Pestana descreveu no anterior diário de bordo) acordámos cedinho, fomos tomar o pequeno almoço e ficámos a procrastinar um bocado a ver quem tinha coragem de começar a carregar o carro de um quinto andar  (sim, porque o material teve que ir para o hotel visto ser perigoso ficar cá fora)!
Lá carregámos o carro com muito esforço e metemo-nos à estrada!
O Simões pegou no carro e lá fomos nós em direcção a Caminha para almoçar com um grande amigo nosso, o Marquito Lima!
Chegámos por volta das 13h e pouco ao estúdio do Marco (HertzControl) e... que saudades que já tínhamos do nosso Portugal!
Nunca tinha entrado no estúdio do Lima, que espaço fenomenal! Material topo de gama! Só me apetecia levar todos os sintetizadores que por lá estavam! Ainda peguei num mas não havia espaço na carrinha!
Com o tempo contado ainda deu para fazer uma jam divertida com o Pestana! E olhem que ficou uma música bem engraçada ahah
Com a barriga colada às costas lá fomos nós ao centro da cidade a um restaurante muy guay para comer à moda minhota.
Toda aquela hospitalidade, as saudades que já tínhamos da nossa comida magnífica (parecia que não comíamos há um ano, sim acreditem que comi mesmo muito)!
Enchemos mesmo bem o bandulho e fomos rematar com um belo café! Gulosa como sou não podia deixar de acompanhar com um belo Sidónio (bolinho  de feijão típico da zona)!
Para nosso espanto, olhamos para trás e não é que vemos uma rapariga brutalissima (que estava no Melona Fest a curtir os nossos concertos na fila da frente) a beber o seu café muito tranquilamente na esplanada?
Fomos dar um hola com un besito e estivemos um pouco à conversa! (É sempre tão bom quando encontramos pessoas de longe que nos são queridas)!
Com as saudades repostas do Marco era hora de levar o Simões a casa!
Visto ter muitos planos para esta semana teve que nos deixar a meio da tour (sentimos a tua falta Simõeszinho)!
Lá fomos nós a Monção! Estivemos um pouco em casa do André para repor a nossa sanidade mental, bebemos um cafezinho rápido e ainda deu para pôr a conversa em dia com a querida Dona Rosa (mãe do Simões) e com a minha doida Nala (cadela do Simões) e que cadela mais querida!
Já com o Simões em casa, foi hora da despedida e hora de dizer olá uma vez mais ao asfalto!
Estávamos a 2h e pouco de Vila Pouca De Aguiar, onde íamos tocar no Club 11 por volta das 22h!
Desta vez fui eu que fui ao volante...music on, GPS on, good vibe on e lá fomos nós em formato trio  para Vila Pouca!
Chegámos ao Club logo com uma recepção mega calorosa do Zé...descarregámos o carro (acho que vou chegar com uns bons músculos a mais, quais ginásio!!) e começámos a fazer o nosso som habitual!
Comemos uns petiscos enquanto bebíamos um chá para a voz acalmar...depois do som feito fomos jantar a uma tasquinha muito boa ao lado do Club! Sopinha e petiscos à Moda de Trás os Montes, não faltou nada! Fomos tratados mesmo muiiiito bem.
Com a pressa do soundcheck à tarde o Pestana ficou para trás! Pensámos "jantamos rápido e fazemos o som num instante ao Pestana antes de as pessoas entrarem" dito isto, eram 21h e pouco e a sala já estava cheia àquela hora e a uma segunda-feira! Ficámos surpreendidos com a quantidade de bilhetes reservados!
Com isto tudo o Pestana só ia fazer line-check!
O Manel começou eram 22.10h, e nem será preciso comentar o concerto deste grande senhor! Como sempre partiu a louça toda e só se via pessoal a dançar cá atrás! Cada vez melhor este rapaz!
De seguida entrei eu em palco, adorei a sala e o ambiente que estava!
Para acabar bem a noite vem o grande Pestana a rasgar e a acordar a malta toda! Também nem vale a pena comentar o grande concerto que deu! Geek dos pedais, só me tem influenciado cada vez mais para fazer o noise que gostaria de fazer!
Acabada a belíssima noite rodeada de pessoal brutal, lá fomos nós carregar o carro e não é que o Simões estava no porta bagagem? Estás aqui connosco pah (demos com umas calças, camisola e um chapéu do Simões no carro ahah) Não te preocupes que está guardado!
Demos asas à Múltipla e fomos até Bragança onde íamos dormir a casa do nosso grande amigo Biónico e que saudades do Biónico!
Não foi uma viagem fácil! Estávamos muito cansados e lutar contra o sono não foi mesmo nada fácil! Fizemos companhia uns aos outros e lá chegámos a Bragança!
Eram 4h, o Biónico foi ter connosco, estacionámos o carro e fomos dar início ao nosso sono de beleza!

Uma coisa que me emociona é o simples facto de estar com pessoal com quem me sinto em casa! Vemos os concertos uns dos outros, apoiamo-nos mutuamente, sabemos letras, riffs, até já fazemos coreografias das musicas! É uma sensação mesmo fenomenal! Já os vejo como meus irmãos mais velhos! Tem sido um aventura e pêras!

E é isto meus caros!
"If you fart, claim it"

Amanhã já vão perceber o porquê de eu ter dito isto!
Obrigada Club 11 e Biónico e Cristina Hasta Mañana 🌈❤️

Débora Umbelino, Surma

0 comentários