[Diário de Bordo] Finalmente um intervalo! Já vos falei sobre a apresentação no Sábado?

Sábado passado, dia 10 de Junho, esteve um dia mesmo bonito. Um sol de fazer querer fugir para a praia, mas havia razões mais do que suf...


Sábado passado, dia 10 de Junho, esteve um dia mesmo bonito. Um sol de fazer querer fugir para a praia, mas havia razões mais do que suficientes e fortes para trocarmos a areia e a água salgada pela Praça Amarela da Feira do Livro de Lisboa. Era chegado o momento da apresentação das Crónicas da Terra e do Mar, a mais recente trilogia da querida escritora portuguesa, Sandra Carvalho. Ainda não consegui escrever sobre o último livro, mas as opiniões sobre O Olhar do Açor e Filhos do Vento e do Mar já estão online! Para não repetir muito o que já disse na apresentação, que esteve em directo no Facebook da Editorial Presença, quero apenas deixar o registo de que foi um orgulho imenso estar ao lado da Sandra, neste momento tão especial.

Não é de ficar espantado com as filas imensas que a Sandra atrai a cada sessão de autógrafos porque são poucos os escritores que se dão ao atrevimento de prestar atenção aos seus leitores, de os conhecer. A Sandra já escreve há mais de dez anos e inevitavelmente já tem leitores que chama pelo nome, que tem visto crescer e com quem partilha tanto da sua alegria enquanto escritora. E é bonito. Muito bonito. Porque a Sandra não tem medo desses momentos. Dá e recebe e é tudo tão natural, com tanto respeito e admiração de ambas as partes que facilmente reforçamos a nossa ideia de que a Sandra não só é uma escritora maravilhosa como um ser humano brilhante. Por dentro e por fora. 

Muito obrigada, Sandra, Editorial Presença e a todos os seus leitores presentes. Penso que podemos ser unânimes quando digo que foi uma bela apresentação. A Sandra teve toda a paciência do mundo para falar sobre o seu processo de escrita, de onde vieram as suas ideias, como as construiu, as pesquisas que fez... E ainda tivemos direito a um momento bastante pessoal, que nos apertou o coração e nos deixou de lágrimas nos olhos. Mais uma vez, Sandra, és extraordinária. Grande beijinho e todos e fiquem com mais algumas fotografias desse dia. 

PS: O dragão barbudo que vêem nas fotos fez um enorme sucesso na Feira do Livro de Lisboa e é da minha querida afilhada Diana Pinguicha. 
PS2: A última fotografia é com o querido Joel Neto, outro escritor português de quem gosto bastante. 






0 comentários