Em Junho, pela Contraponto: "Salvador Sobral: Coração de Herói", um livro sobre o fenómeno Salvador e o seu impacto na afectividade dos portugueses

SALVADOR SOBRAL - Coração de Herói Maria Milene Tavares Prefácio de Bruno Vieira Amaral N.º de páginas: 168 páginas Capa: Ca...


SALVADOR SOBRAL - Coração de Herói
Maria Milene Tavares
Prefácio de Bruno Vieira Amaral

N.º de páginas: 168 páginas
Capa: Capa mole 
PVP: 15,50€

Salvador Sobral é o herói do momento em Portugal e uma figura que dificilmente será esquecida durante as próximas décadas. Este é o primeiro livro sobre o cantor, muito completo, com excelentes fotos e uma abordagem de qualidade literária. Um livro sobre o fenómeno Salvador e o seu impacto na afectividade dos portugueses.

Publicado no próximo dia 30 de Junho pela Contraponto, Salvador Sobral: Coração de Herói é um livro sobre a vida e o percurso de um cantor que dificilmente deixará de marcar a música portuguesa durante as próximas décadas. 

Esta obra acompanha a jornada de Salvador Sobral no Festival da Canção e, depois, em Kiev, no Eurofestival. Parte de episódios da infância, passa pelo período que passou em Espanha, e culmina, naturalmente, na primeira vitória de Portugal no Festival da Eurovisão. É um livro sobre o fenómeno Salvador e respetivo impacto na afetividade dos portugueses.

Prefaciado pelo romancista Bruno Vieira Amaral (Prémio José Saramago 2015), um apaixonado pelo Festival da Canção, e autor de obras como As Primeiras Coisas (2013) e Hoje Estarás Comigo no Paraíso (2017), Salvador Sobral: Coração de Herói é o primeiro livro  – e muito completo, com fotografias de grande qualidade – sobre o músico português. Uma obra dedicada aos momentos que antecederam a glória e os que consagraram o novo herói de Portugal.

LIVRO
Um conto de fadas da vida real! Nada menos do que isso. A vitória de Salvador Sobral no festival da Eurovisão, em Kiev, foi uma vitória à revelia de tudo aquilo em que o evento se transformou nos últimos anos. Como nos contos de fadas em que só um rapaz de coração puro pode obter o tesouro ou salvar a princesa, aqui também foi a autenticidade a sobrepor- se às aparências. Sem truques ou correrias, sem espalhafato ou macacadas, Salvador chegou só com a força de uma melodia lindíssima e o poder de uma interpretação sentida. Foi o suficiente para toda a Europa (e o mundo) se render ao novo herói dos portugueses.

Salvador nunca se coibiu de dizer tudo o que pensa. Num estilo descontraído e desconcertante, surpreendeu tudo e todos. Com a sua personalidade genuína, a sua crença de que o que importa éa música e não o embrulho, expôs a superficialidade do mundo de estrelas instantâneas que desaparecem numa questão de meses. Salvador Sobral é um músico a sério que leva a música a sério.

A vitória ocorreu num dia especial para os crentes católicos, o 13 de maio, mas Salvador não precisou de um milagre. Um milagre, e uma grande injustiça, teria sido se ele não ganhasse. Só que desta vez, no final, as lágrimas portuguesas foram todas de alegria.

Como escreveu Miguel Esteves Cardoso: «Viva Salvador Sobral! Que nunca mais pare quieto.»

AUTORA
Nasceu em Lisboa, em 1975, e é consultora de comunicação. Vive em Loures, com o marido, os dois filhos e o gato Francis. Embora se trate da sua primeira obra, a autora surpreendeu os editores pela qualidade literária da sua proposta e pela abordagem elogiosa a um dos principais fenómenos da música portuguesa contemporânea.

0 comentários