[Queres é (a) Letra!] Tipo - Salvador Menezes (YCWCB) - lança "Acção-Reacção"

Fotografia Caetana Menezes Tipo nasceu no início de 2015, quando Salvador Menezes (co-fundador dos You Can’t Win, Charlie Brown) decid...

Fotografia Caetana Menezes

Tipo nasceu no início de 2015, quando Salvador Menezes (co-fundador dos You Can’t Win, Charlie Brown) decidiu tirar uma semana e meia de férias da sua aborrecida rotina.

Tendo à sua disposição o Casio dos anos 80 do tio, a guitarra com 3 cordas dos anos 90 da irmã, a bateria dos anos 2000 do irmão e o seu baixo, computador e voz, criou 4 canções. Concorreu ao apoio fonográfico da GDA e ganhou.

Dois anos depois, este Tipo já mudou de emprego, de casa, lançou o terceiro álbum dos You Can't Win Charlie Brown e foi pai. Já não está aborrecido e tem agora músicas suficientes para lançar o seu primeiro disco.

"Acção-Reacção" é o single de apresentação. O videoclipe foi realizado e produzido pelos "We Are Plastic Too", com direcção de fotografia do João Souza e iluminação dos "Side Effects".

Co-produzido por Afonso Cabral, Luís Nunes e Salvador Menezes, o álbum sairá brevemente com o selo da Pataca discos e o apoio da Vodafone FM. Conta também com alguns convidados, nomeadamente Tomás Sousa neste (single) “Acção-Reacção”.



Saudade é perder tempo
Insisto em ver o bem
Ao menos sei que me contento

Quem tem, enfrenta a escolha só 
Não volta a ver no que falhou
Acção-reacção 

Já foi
Um ano passou
Deixo a barba crescer
Enquanto o cabelo cai

Quem tem os seus, não se agarra aos céus
Se faltam uns troféus 
Minto
Se tens de usar os meus
Finto

Acção-reacção 

Já foi
Um ano passou
Deixo a barba crescer
Enquanto o cabelo cai

Nem mais um dia a chorar
Assumo a situação
A quem pouco dão decisão

Quem não quer (quem não quer) desviarei a atenção  
Se não der eu aplaudirei a intenção 
Volta a ter uma reacção

Se quiser (se quiser) apagarei a função 
De não ter uma solução para a acção
Volta a ver uma conclusão 
_

"Vais longe" - disse ele 
Só falta chama
Não tens nada
Neutral e banal
Haverá cobaias 
E não podes ser

0 comentários