Em Janeiro, pela Bertrand: Goethe - O Eterno Amador, de João Barrento

Goethe - O Eterno Amador João Barrento Género: Ensaios e Documentos / Crítica Literária Formato: 15 x 23,5 cm  N.º de páginas:...


Goethe - O Eterno Amador
João Barrento

Género: Ensaios e Documentos / Crítica Literária
Formato: 15 x 23,5 cm 
N.º de páginas: 320
PVP: 17,70 € 

«Goethe – O Eterno Amador»: uma abordagem íntima da obra e vida do versátil pensador
De Ifigénia a Fausto. Da Alemanha a Itália. Do passado ao presente.

Curiosidade e talento são as características que, combinadas, permitiram que Johann Wolfgang von Goethe se torna-se uma das figuras de maior relevância do seu tempo. Nascido em 1749, foi político, escritor e advogado, deixando um importante e extenso legado. Numa abordagem mais íntima, João Barrento analisa o percurso de vida e as obras mais importantes de Goethe, uma figura versátil, com conhecimento e interesse por várias área, que deixou um acervo epistolar de mais de 10 000 documentos e cerca de 3000 desenhos e pinturas, refletindo a personalidade singular e os meios financeiros e intelectuais que possuía. «Goethe – O Eterno Amador» é a mais completa biografia do respeitado pensador, por um dos maiores académicos portugueses na campo da literatura e crítica literária. Nas livrarias a 12 de janeiro. 

LIVRO
«Nascido na Alemanha em 1749, Johann Wolfgang von Goethe foi um autor, homem de estado, advogado e pensador versátil e muitíssimo respeitado. Viveu uma vida rica, viajou, foi relevante política e socialmente no seu tempo e escreveu – escreveu muito: poesia, prosa, memórias, ensaios, crítica literária e estética, tratados de Botânica e Anatomia. Deixou um acervo epistolar de mais de 10 000 documentos e cerca de 3000 desenhos e pinturas. Dono de uma personalidade singular e detentor dos meios financeiros e intelectuais para perseguir as suas curiosidades e paixões, Goethe nunca parou de aprender, de refletir sobre o mundo e de escrever. Nesta biografia pessoal e literária, João Barrento dá-nos a conhecer o Goethe íntimo e analisa as suas principais obras no contexto da sua personalidade e percurso de vida. Uma obra essencial, que vem preencher uma lacuna na produção crítica literária portuguesa.»

AUTOR
Ensaísta e tradutor, João Barrento publicou diversos livros de ensaios, crítica literária e crónica, e traduziu literatura de língua alemã, do séc. XVII à atualidade Tem sido distinguido com vários prémios, de que é exemplo o Grande Prémio de Ensaio Eduardo Padro Coelho, 2012.

0 comentários