[Diário de Bordo EuroSprint Tour '18 - Fugly + Whales] Dia 3

São onze da manhã e por algum motivo acordamos todos ao mesmo das nossas camas improvisadas na plateia de Le Circus. A fome aperta e ent...


São onze da manhã e por algum motivo acordamos todos ao mesmo das nossas camas improvisadas na plateia de Le Circus. A fome aperta e então o Jimmy, o Nuno e o Hierro juntam-se para irem ao E. Leclerc buscar mantimentos. O Simões dedica-se aos e-mails da Bullet Seed e eu fico a fazer rigorosamente nada.

Estava alto sol e então juntamo-nos no pátio para mais umas bières artisanales e uma deliciosa refeição preparada pelo chef Simones. Tudo isto sempre ao som de boa música vinda da mini-coluna do Jimmy, que tem um som surpreendentemente incrível! A sério.

Durante a tarde, o Nuno ficou a trabalhar na sua tese de mestrado, eu aproveitei para organizar uns takes de uma gravação que fiz no Salão Brazil e o resto da malta foi de mãos dadas para a praia passear e explorar bunkers da primeira grande guerra.

O Antoine Le Roux regressa ao Le Circus e é hora de fazer soundcheck. “Hey, hey! Check, one, two…” - Está feito. Jantar feito pela gente simpática do sítio e estávamos prontos. Ah! Também aproveitamos para fazer o nosso vídeo promo para o festival MIL. Já nos andávamos a baldar há algum tempo e aproveitamos a presença do amigo Antoine para facilitar a coisa.

Para mim era a segunda vez nesta sala, e já na Tour de The Lazy Faithful com O Manipulador tinha sido dos meus sítios favoritos. O espaço tem alta vibe criativa e tem bom backline para por a banda a soar. O concerto foi jarda, mas como não era Halloween, foi mais calminho do que na minha primeira vez.

Rafa

P.S.: Andei à espreita no Leboncoin.fr e encontrei um Boss DD-3 a 60paus. Estou sem dinheiro.

0 comentários