Em Março, pela Bertrand Editora: As Cientistas, de Rachel Ignotofsky (Apresentação dia 6 de Março)

As Cientistas Rachel Ignotofsky É um facto científico: as mulheres são o máximo! Uma celebração dos feitos de 52 mulheres intré...


As Cientistas
Rachel Ignotofsky

É um facto científico: as mulheres são o máximo!
Uma celebração dos feitos de 52 mulheres intrépidas que desbravaram caminho para a próxima geração de cientistas.
Bestseller (Ciência) do New York Times
Um dos melhores Livros de Ciência de 2016 da Science Friday e do Brain Pickings 

Recheado de ilustrações divertidas e informativas, As Cientistas destaca e dá visibilidade às contribuições de 52 mulheres notáveis nos campos da Ciências, Tecnologias, Engenharia e Matemática (CTEM), desde a Antiguidade até ao presente. Se Marie Curie é hoje sobejamente reconhecida, muitas outras pioneiras e mulheres extraordinárias nunca receberam o reconhecimento que mereciam na sua época e foram esquecidas. Perfiladas neste livro encontram-se figuras famosas, como a primatologista Jane Goodall, assim como pioneiras menos conhecidas, como é o caso de Katherine Johnson, a física e matemática norte-americana que, em 1969, calculou a trajetória da missão Apollo 11 à Lua, ou as portuguesas Elvira Fortunato, engenheira, investigadora e inventora, e Branca Edmée Marques, que estudou e trabalhou com Marie Curie. As Cientistas celebra os feitos de mulheres intrépidas, muitas delas quase invisíveis que, através da audácia e da persistência, 
desbravaram caminho para a próxima geração de engenheiras, biólogas, matemáticas, médicas, astronautas e físicas em áreas tradicionalmente dominadas pelos homens.

«No passado, não eram raras as restrições ao acesso das mulheres à educação. Era frequente as mulheres não terem autorização para publicar artigos científicos. Esperava-se que fossem criadas apenas para se tornarem boas esposas e mães, sustentadas pelos maridos. Muitas pessoas acreditavam que as mulheres simplesmente não eram tão inteligentes como os homens. As mulheres deste livro viram-se obrigadas a lutar contra estes estereótipos para seguirem as carreiras que ambicionavam. Quebraram regras, publicaram sob pseudónimo e trabalharam por amor ao conhecimento.» [da Introdução]

[Contém infografias relevantes sobre material de laboratório, dados estatísticos sobre a situação das mulheres nestas áreas em Portugal e um glossário científico ilustrado.]

Esta edição contém prefácio da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género. 

LIVRO
É um facto científico: as mulheres são o máximo! Recheado de ilustrações divertidas e informativas, As Cientistas destaca as contribuições de 52 mulheres notáveis nos campos da ciência, tecnologia, engenharia e matemática, desde a Antiguidade até aos dias de hoje. Entre as pioneiras perfiladas neste livro encontram-se figuras famosas, como a primatologista Jane Goodall, assim como pioneiras menos conhecidas, como é o caso de Katherine Johnson, a física e matemática norte-americana que, em 1969, calculou a trajetória da missão Apollo 11 à Lua, e a portuguesa Branca Edmée Marques, que estudo e trabalhou com Marie Curie. As Cientistas celebra os feitos de mulheres intrépidas que desbravaram caminho para a próxima geração de engenheiras, biólogas, matemáticas, médicas, astronautas, físicas e muito mais! 

AUTORA
Rachel Ignotofsky é uma autora, designer e ilustradora norte-americana. Nascida em Nova Jersey, licenciou-se com distinção em Design Gráfico na Tyler School of Arts, em 2011, e vive agora em Kansas City, no Missouri. Passa os dias a desenhar e a aprender coisas novas e acredita que a ilustração é uma ferramenta poderosa que pode tornar a aprendizagem mais emocionante.



0 comentários