Algumas imagens sobre Zakopane

Já estou de regresso a Portugal, mas ainda a tentar lidar com tudo o q...
























Já estou de regresso a Portugal, mas ainda a tentar lidar com tudo o que tenho em atraso. Não me arrependo. A ida à Polónia, com estadia em Cracóvia e Zakopane, para o Winter Workshop in Complex Systems, foi das melhores decisões que podia ter tomado. Nunca tinha estado com temperaturas negativas, muito menos andado na neve (pois, nunca fui à Serra da Estrela com neve), mas valeu tudo a pena. As pessoas do WWCS foram espetaculares e acabei a ter a dose certa de boa disposição, descontração e ainda muita concentração. 

Apresentei um tutorial e ainda trabalhei em três projectos distintos. Talvez venha a falar deles mais tarde. Todos têm potencial para serem continuados no futuro e darem resultados muito interessantes. A parte mais intensa do WWCS ocorreu em Zakopane onde tirei estas fotografias com o meu modesto telemóvel. Tive a oportunidade de fazer pequenos hikings e foi nessas alturas que aproveitei para tentar captar um pouco a beleza do que nos rodeava. 

Achei engraçado que onde quer que jantássemos as porções eram pura e simplesmente gigantescas, provavelmente devido à demografia e ao clima. Uma coisa que não achei muito fácil foi ser-se vegetariano por lá! Havia sempre dezenas de pratos de carne disponíveis, mas vegetarianos só eram certos os dumplings recheados de espinafres e, com sorte, uma sopa sem carne. Sim, até as saladas-refeição tinham carne. Quando regressei a Cracóvia, a história já foi um pouco diferente e, inclusive, acho que tive uma das melhores refeições da minha vida por lá. Mais pormenores sobre isso na devida entrada do blogue. 

Com a entrada do novo semestre universitário já aí, trabalho é coisa que não me falta e há algumas decisões que vou ter de tomar em relação à gestão do blogue... Mas veremos o que se segue. Uma coisa é certa: a minha paixão pelos livros e pela música nunca irá desaparecer. Nos próximos dias divulgarei os vencedores dos passatempos de Dezembro/Janeiro e o João Morales também continuará a colaborar com os seus magníficos textos. Sobre livros, espero brevemente escrever sobre o livro Destemida. Li-o todo ontem, por entre a tempestade de atraso de vôos e os próprios vôos longos. Adorei! Obrigada por continuarem desse lado e até breve. 

0 comentários