[FreshFindings] Descobrindo Only Passing Through dos Drake Island

E quando a primeira música de uma banda, ainda sem EP, sem disco, apenas uma única música, nos deixa por momentos sem fôlego? Foi assim ...


E quando a primeira música de uma banda, ainda sem EP, sem disco, apenas uma única música, nos deixa por momentos sem fôlego? Foi assim que me senti quando descobri Only Passing Through, dos Drake Islands. O primeiro EP vai sair apenas em Setembro/Outubro, mas o primeiro passo está dado e promete. O início da música parece algo tímido, mas logo a conjugação entre o acústico e o eléctrico nos deixa num limbo que nos pode remeter para universo como, por exemplo, o de Damien Rice. Ainda assim, ao longo da canção conseguimos encontrar uma identidade própria e descolar. E a cada segundo, a canção cresce, quais ondas que aumentam a sua dimensão, prontas a arrebatar-nos. Aos três minutos o tema ganha um corpo ainda mais denso, evocando uma paisagem arrepiando e indo perfeitamente de encontro ao artwork. As vozes tornam-se ecos urgentes, uma redenção que urge ser concretizada. Only Passing Through parece-me concretizá-la brilhantemente. Estou muito curiosa com os próximos passos de Drakes Island. Vou tentar manter-me atenta. 

Entretanto, também os adicionei aos meus FreshFindings, podem encontrá-los aqui.



Birds couldn't see what you've done to me. Let it out? I'm far to deep in doubt, and I don't know which way your heart goes. If only you could see things how I do. An ocean to cross, to slumber next to you. The least i'd do to slumber next to you. I don't know if you knew the things you'd made me do. If they could be true, I wouldn't just pass through. Darling am I only passing through? Please step in my way. Darling won't you stay. If you'd step in my way honey, make me fray.

0 comentários