[Diário de Bordo] E o meu vício em Friends? AGAIN!

(Conseguiram sentir a voz da Monica a dizer AGAIN! com aquela sua vozinha tão característica? Não? :( Era esse o propósito! Ahahah) A...


(Conseguiram sentir a voz da Monica a dizer AGAIN! com aquela sua vozinha tão característica? Não? :( Era esse o propósito! Ahahah)

A vida não tem sido muito gentil ultimamente. Isto de se ser uma "strong and independent woman" tem muito que se lhe diga. Principalmente quando há pessoas que parecem ter a missão de complicar tudo, incluindo a vida dos outros. Aposto que conhecem alguém assim. Resta-nos respirar fundo e "sorrir e acenar". Bem, uma das coisas que tem funcionado para mim tem sido voltar a assistir à série televisiva Friends do início. Era uma garota quando vi pela primeira vez e já na altura fiquei com aquela sensação de ser uma daquelas séries para a vida. Por norma prefiro livros a televisão, claro, mas existem momentos em que o cansaço é tão tão grande, que é preciso também uma espécie de componente visual que nos alivie a tarefa de construirmos nós mesmos os universos literários. Com Friends, com estes seis personagens tão absurdos e tão queridos ao mesmo tempo, tenho encontrado algum consolo e descanso. Farto-me de rir, às vezes até me emociono, e sempre que me sinto mais sufocada pelo universo, desligo um pouco e viajo até ao universo deles. 

Porque é que estou a escrever sobre isto? Porque às vezes faltam-me sugestões para este tipo de circunstâncias e quis eu sugerir uma. Ainda por cima como são dez temporadas, não terminará assim tão facilmente. Se nunca viram a série, dêem-lhe uma oportunidade! Em termos de leituras espero concluir a leitura de A Morte Feliz, de Albert Camus, ainda esta semana. Comecei também a ler , de Chloe Esposito, mas o livro é tão, tão, mas tão insólito que às vezes não sei bem se o quero ler até ao fim! Ahahah. No entanto, como tenho a mania de terminar tudo o que começo, provavelmente vou terminar a leitura. Logo vemos e logo vos digo! 

Em relação a novidades do meu doutoramento, como sabem de uma entrada anterior, a tese está entregue, mas ainda aguardo a data de defesa! Já agora, criei uma espécie de nova rubrica no blogue, Fresh Findings, em que podem encontrar músicas dos mais variados estilos que são pérolas de artistas emergentes. Espero que gostem! Tenham uma excelente semana. 

0 comentários