Em Outubro, pela Temas e Debates: O Mundo da Escrita, de Martin Puchner

O Mundo da Escrita Martin Puchner Género: Literatura / História da Literatura  Formato: 15 x 23,5 cm  N.º de páginas: 468 PV...


O Mundo da Escrita
Martin Puchner

Género: Literatura / História da Literatura 
Formato: 15 x 23,5 cm 
N.º de páginas: 468
PVP: € 22,20 
ISBN: ISBN: 9789896444860 
Tradução: Pedro Vidal

O poder das histórias que formaram os povos e as civilizações em «O Mundo da Escrita», de Martin Puchner

Porque lemos? Qual a importância da literatura? Porque é que contar histórias é tão natural para o ser humano? Como é que a escrita transformou o planeta num mundo de literatura? Martin Puchner responde a estas e muitas outras questões em «O Mundo da Escrita», um livro que conta a história da escrita, das histórias e da literatura. «O Mundo da Escrita» acompanha a estrondosa transformação que o mundo e a humanidade sofreram desde a escrita surgiu. Esta narrativa ímpar, que analisa dezasseis textos fundamentais selecionados a partir de um universo de mais de quatro mil anos de literatura, descreve ainda os inventos que moldaram os povos, o comércio e a história, nomeadamente as técnicas de escrita, a prensa e o livro. «Foi apenas quando as histórias contadas se cruzaram com a escrita que a literatura nasceu. Anteriormente, as histórias tinham existido nas culturas orais, com diferentes regras e propósitos. Mas depois de as histórias contadas se ligarem à escrita, a literatura emergiu como uma nova força. Tudo o que se seguiu, toda a história da literatura, começou por este movimento de intersecção, o que implicou que, para contar a história da literatura, tivesse de me concentrar ao mesmo tempo nas histórias contadas e na evolução das tecnologias criativas, como o alfabeto, o papel, o livro e a prensa.», afirma o autor na introdução. Entre os vários temas abordados, encontra-se o livro de cabeceira de Alexandre o Grande, Gutenberg, Dom Quixote, literatura pós-colonial, e muitos outros. De Hogwarts à Índia, e ainda com uma viagem à Lua, esta investigação e exploração da literatura levarão o leitor numa viagem universal e sem precedentes. 

LIVRO
Martin Puchner conduz-nos numa viagem maravilhosa através dos tempos e à volta do globo, para nos revelar como a invenção da escrita, as histórias e a literatura moldaram o mundo atual. Analisando dezasseis textos fundamentais, selecionados a partir de um universo de mais de 4000 anos de literatura, da Ilíada a Harry Potter, demonstra-nos como a escrita conduziu à ascensão e queda de impérios e nações, ao surgimento de ideias filosóficas e políticas, e ao nascimento de crenças religiosas. Descobrimos Murasaki, uma japonesa do século XI que escreveu o primeiro grande romance da literatura mundial, O Romance do Genji, seguimos as aventuras de Miguel de Cervantes quando combate os piratas do mar e da literatura, acompanhamos Goethe na sua descoberta da literatura universal, na Sicília, e assistimos à influência crescente de O Manifesto Comunista. Puchner leva-nos a Troia, Pérgamo e à China, fala com o Prémio Nobel Derek Walcott nas Caraíbas e com Orhan Pamuk em Istambul, e apresenta-nos os artesãos da epopeia de tradição oral Sunjata, na África ocidental. Esta deliciosa narrativa também descreve os inventos — as técnicas de escrita, a prensa, o objeto livro — que moldaram povos, comércio e história. 

AUTOR
Martin Puchner é titular da cátedra Byron e Anita Wien de Literatura Inglesa e Comparada, na Universidade de Harvard. É autor de livros vencedores de vários prémios, cujas temáticas vão da filosofia às artes, como Norton Anthology of World Literature, um bestseller em seis volumes, e do Harvard xMOOC (Massive Open Online Course), que tem transmitido o fascínio pela literatura a estudantes de todo o mundo. Vive em Cambridge, Massachusetts, EUA.

IMPRENSA
«Um livro único e fascinante […] A narrativa de Martin Puchner leva-nos aos labirintos e subterrâneos da civilização em momentos cruciais de construção ou reconstrução. Mostra-nos a forma como os “grandes livros” – e os alfabetos, tabuinhas de argila e prensas que permitiram a sua difusão – proporcionaram quer o leme quer as velas para a viagem da humanidade nos vastos oceanos do tempo.» Elaine Scarry, autora de Naming Thy Name: Cross Talk in Shakespeare’s Sonnets

«É com alegria [...] que saudamos a publicação do livro de Martin Puchner, que não só reafirma a importância da literatura em si, mas também a sua importância global […] contar histórias é tão próprio do ser humano como respirar». The New York Times Book Review

«Da Mesopotâmia à Lua, este livro conta-nos uma história da civilização que é imaginativa, informativa e engenhosa: uma narrativa do que a humanidade escreveu e leu ao longo dos últimos quatro mil anos. É uma proeza de atletismo intelectual.» Louis Menand, autor de The Metaphysical Club: A Story of Ideas in America

«Vale bem a pena ler este livro, para compreendermos o porquê de lermos.» Margaret Atwood

«Puchner tem um olho clínico para as ironias da História […] O seu ideal é o de “literatura universal”, um conceito emprestado de Goethe […] O alcance vertiginoso e o contagiante entusiasmo deste livro são um tributo a esse ideal.» The Sunday Times

«Uma odisseia intelectual empolgante.» Publishers Weekly

0 comentários