[10 Anos Blog BranMorrighan] A Mixtape

Esta comemoração dos 10 anos do BranMorrighan é capaz de estar a ser a mais em cima do joelho que alguma vez aconteceu. Consegui acumula...


Esta comemoração dos 10 anos do BranMorrighan é capaz de estar a ser a mais em cima do joelho que alguma vez aconteceu. Consegui acumular deveres profissionais com deveres académicos, encher-me de trabalho até ao tutano e chegar ao ponto de não saber a quantas ando. O tempo passou depressa demais e uma série de ideias e projectos que tinha para este aniversário nunca aconteceram. Ainda assim, porque sou uma sortuda e porque nas alturas certas as pessoas certas têm o condão de aparecer na minha vida, a ideia da Mixtape está a ganhar forma e já tem sítio no bandcamp - https://branmorrighan.bandcamp.com

A minha ideia foi desafiar uma série de artistas que admiro e que me marcaram nos últimos anos a comporem um tema inédito, quem sabe até fora do contexto e das sonoridades que normalmente exploram. O primeiro a ter o seu tema pronto foi o música André Barros, pianista sublime, compositor de outro mundo. O seu tema chama-se Racing Thoughts e tem origem na associação que o André Barros fez entre o meu estilo de vida e o blogue. Quando o ouvi pela primeira vez comecei por sentir logo um arrepio na espinha. Depois foi uma espécie de caminho para a catarse. Senti alegria, tristeza, sorri, chorei, uma autêntica corrida de emoções e pensamentos. Curioso, não acham? O André Barros é alguém cujo trabalho artístico admiro profundamente. A sua versatilidade e a sua sensibilidade dão as mais diversas texturas à sua música e é muito difícil não ficarmos sensibilizados e hipnotizados com as mesmas. 

Este início da Mixtape, com este tema do André Barros, acaba por abrir o mote ao propósito da mesma. Viagens que exploram o nosso interior. Umas vezes mais luminoso, outras vezes mais escuro e pesado. Estou muito contente com os temas que me chegaram até agora e acredito que, de alguma maneira, irão tocar as pessoas certas, no momento certo. Na véspera de ano novo divulgarei mais um tema, o do Slowburner. Se não o conhecem, desafio-vos a pesquisarem-no e a ouvirem-no. Nessa altura divulgarei mais pormenores e novidades.

A capa da mixtape é uma fotografia tirada por mim quando estive em Cambridge, há coisa de duas semanas. Estava a passear dentro de um campus de uma universidade e tornou-se impossível não captar aquela paisagem que coincide tanto com a essa tal mistura de emoções que mencionei há pouco. Espero que gostem. Obrigada por estarem desse lado e por todo o apoio.

0 comentários