Descobrindo Godaughter com "Horizons"

Haja uma boa música instrumental, cheia de poder, e a catarse está acessível a quem se deixar entregar. "Horizons", dos Godaug...


Haja uma boa música instrumental, cheia de poder, e a catarse está acessível a quem se deixar entregar. "Horizons", dos Godaughter, é um daqueles temas post-rock que transmitem uma verdadeira epopeia. Ao ouvi-lo, uma das sensações que tive foi que há espaço para tudo, para a reflexão, para uma viagem pelo espaço, mas cima de tudo o que mais me impressionou foi como volta e meia tudo culmina para a urgência da expansão e da libertação. Existe uma espécie de fúria que emana de cada vibração instrumental. Não me admira, este tema não teve uma origem fácil:

This song came around at a strange time for us, our guitarist Phil recently moved away and we were trying out guitarists and nothing worked. On our last person trying out we said this was the end if it did not gel, Josh stepped in and in his first practice within 30 minutes we wrote this entire song and knew that this was the guy.
The leading up to the recording session our bass player had been in hospital for three weeks with severe colitis attack before and sick for months, he managed to get into the studio for one hour on day and complete all his parts making this song even more special to us.
This song is the embodiment of frustrations we've faced and relief in knowing we have managed to craft something that is special to us.

É especial para a banda e par mim também, pois muitas vezes há estados de espírito que não conseguimos expressar, mas quando temos músicas como esta, há uma parte de nós que fica mais aliviada. Sem dúvida uma banda a ter em conta. Desejo que daqui para a frente tudo corra o melhor possível! 


0 comentários