Opinião: Paixão Sublime (À Flor da Pele #3) de Lisa Kleypas

Paixão Sublime (À Flor da Pele #3) Lisa Kleypas Editora : Porto Editora Chancela : 5 Sentidos Sinopse : Quatro jovens damas da soc...

Paixão Sublime (À Flor da Pele #3)
Lisa Kleypas

Editora: Porto Editora
Chancela: 5 Sentidos

Sinopse: Quatro jovens damas da sociedade londrina procuram um bom partido. Chega a vez de Evangeline Jenner, a mais tímida, mas também a mais rica, logo que cobre a sua herança. Para escapar às garras da família, Evie pede ajuda a Sebastian, Lord St. Vincent, um conhecido libertino, fazendo-lhe uma proposta irrecusável: que se case com ela, trocando riqueza por proteção. Mas a proposta impõe uma condição: depois da noite de núpcias, os dois não voltarão a encontrar-se na intimidade, pois Evie não quer ser mais um coração partido na longa lista de conquistas de Sebastian. A Sebastian resta esforçar-se mais para a seduzir… ou entregar finalmente o coração, em nome do verdadeiro amor.

Opinião: Lisa Kleypas chegou até mim através de Desejo Subtil, entretanto, também me deixei envolver por Sedução Intensa e eis que já quase não conseguia aguentar tanta espera por um novo volume desta tão deliciosa série À Flor da Pele. Paixão Sublime é o seu terceiro volume e traz até nós mais um enredo de aquecer o coração e por vezes fazer ruborescer as mais castas das leitoras.

É a vez de termos Evangeline como protagonista e não tardou a sermos completamente surpreendidas pela sua atitude. Senhora de si mesma, embora em desespero, Evie reuniu toda a sua dignidade e coragem para apresentar uma proposta insólita, se bem que irrecusável, ao mais leviano cavalheiro de Londres. Com a sua timidez escondida, mas não tão bem disfarçada pela sua gaguez, esta deixa Lord St. Vincent completamente estupefacto e surpreendentemente excitado com a ideia de se casar com ela.

Entramos então na trama em si. Um casamento à pressa, uma Evie completamente consciente de que Sebastian nunca lhe será fiel, o distanciamento sentimental, a morte do pai iminente e ainda um perigo de morte à espreita num inimigo imprevisível. Todos estes factos servem de ingredientes para mais uma belíssima e tradicional, mas não convencional, história de amor com laivos de sensualidade requintados. A história de amor do casal vai sendo cozinhada lentamente, apurando o seu sabor, culminando em momentos surpreendentes para ambos, sendo a ousadia e o risco as palavras de ordem entre ambos.

Lisa Kleypas sabe como construir uma boa trama utilizando uma escrita fluida e apaixonada. Paixão Sublime prendeu a minha atenção, conquistou o meu carinho pelos dois casmurros protagonistas e não me deu descanso enquanto não conheci o seu desfecho. A autora é bastante romântica, os cenários e sentimentos estão muito bem explorados e o toque trágico dá-lhe aquele ar de inevitabilidade, o leitor sabe que a história terá um final feliz - e ainda bem que assim é! Uma óptima leitura de férias, descontraída e que derrete o coração de qualquer leitor.

0 comentários